Notícias

Volta às aulas segue protocolo de prevenção da Covid-19

02/08/2021

Nesta segunda-feira (2), mais de 5.800 crianças voltaram a fazer as atividades de forma presencial nas escolas e Centros Municipais de Educação Infantil, CMEI’s, da rede municipal de ensino de Guarapuava. Joana de Souza disse que o filho Pietro, 4 anos, estava ansioso para o retorno. “O suporte que os professores dão é muito melhor, em casa distrai mais. Além disso, é preciso aprender a conviver com os desafios da pandemia. Conhecimento é tudo!”, afirmou Joana.

 

As filas com distanciamento e uso do álcool em gel e do tapete sanitizante foram as primeiras mudanças na rotina escolar. Os alunos também aferiram a temperatura e responderam a um questionário sobre os sintomas da Covid-19. Em cada sala, apenas 50% dos lugares foram ocupados. “Na escola é 20 vezes melhor, as professoras são calmas, tem paciência para ensinar. Estava com saudades dos amigos, apesar de agora ser diferente”, declarou Victor Carneiro, de 7 anos.

 

A primeira lição do dia foi para reforçar os cuidados de higiene e prevenção. “Nós nos preparamos para voltar. Vamos manter todas as medidas sanitárias e lembrá-las o tempo todo para que as atividades corram bem e com segurança”, falou a professora Elisângela Ferreira.

 

Secom: Alunos da Escola Dirce Jaeger higienizam as mãos durante a aula.

 

Protocolo

Professores e funcionários receberam um amplo treinamento sobre o protocolo de prevenção da Covid-19 e vão seguir as regras estabelecidas. “Temos o suporte de uma equipe da Saúde para as orientações, além do serviço exclusivo do Call Center da Educação, que vai atender todas as demandas sobre os sintomas da Covid-19, incluindo as notificações feitas pelos pais”, disse o prefeito Celso Góes.

 

O secretário de Educação, Pablo Almeida, explica que o momento epidemiológico e o avanço da vacinação permitiram o retorno das atividades nas escolas. “Na medida em que os pais conhecem o protocolo, a adesão ao ensino presencial aumenta. Cada Unidade tem uma brigada Covid-19 que vai acompanhar o dia a dia da comunidade. Vamos seguir monitorando a situação epidemiológica e podemos rever nosso posicionamento, caso necessário”, explicou Pablo.

 

Formas de Ensino

Presencial

Na Escola Municipal Dom Bosco, localizada no bairro Vila Carli, 189 dos 417 alunos voltarão para a sala de aula. Com índice de adesão menor que 50%, os alunos terão atividades presenciais na escola durante duas semanas. “Vamos dar ênfase às atividades práticas, concretas, com a retomada dos conteúdos. Não temos tempo a perder”, disse a professora Silvanídia Bührer.

 

Híbrido

Em escolas onde a procura pelo ensino presencial foi maior, o formato será híbrido, ou seja, de modo alternado, uma semana de atividades presenciais e uma em casa na maneira remota.

 

Remoto

Os pais que optaram pelo sistema de ensino da forma remota devem buscar as atividades nas escolas nas datas marcadas. “Contamos com o comprometimento e a colaboração para que o ensino não seja prejudicado.”, destacou a diretora de escola, Mônica Follador.

 

A secretaria de Educação informa que ainda é possível fazer a mudança de formato. Os pais que desejam optar pelo ensino híbrido devem procurar as secretarias das escolas.