Notícias

Vacinação contra a gripe terá pontos em locais abertos e atendimento em veículos

21/03/2020

Segunda-feira (23) começa a campanha de vacinação contra a gripe e nesta primeira etapa o público alvo são idosos acima de 60 anos e profissionais da saúde. Neste primeiro dia, entre 8h e às 17h, a equipe da Secretaria de Saúde ofertará a vacina em locais abertos da cidade, como o estacionamento do Cisgap e do Parque do Lago, para evitar aglomerações e seguir com as medidas do município de enfrentamento ao Covid-19. Idosos poderão ser imunizados sem precisar sair dos veículos.

 

“Estamos nos adaptando e buscando a melhor forma de protegermos os guarapuavanos. Atenderemos os idosos e profissionais da saúde em seus veículos, sem nenhum contato social. É importantíssimo que os idosos sejam imunizados, garantam a proteção e voltem para suas casas, seguindo com as recomendações e medidas de isolamento que adotamos na cidade”, explicou o secretário de Saúde, Celso Goes.

 

O momento abre espaço para o exercício da solidariedade em tempos de isolamento. Filhos, amigos e pessoas próximas, seguindo todas as medidas preventivas e de higiene, podem ajudar levando os idosos até os pontos de vacinação. Mas, atenção! A recomendação é que haja apenas um acompanhante.

 

Para se imunizar é preciso ter em mãos um documento com foto, carteira de vacinação e o crachá de identificação para os profissionais da saúde.

 

VACINAÇÃO NAS UBS

 

Nas UBS (Unidades Básicas de Saúde), exceto na unidade do bairro Primavera, também haverá imunização, com distribuição de senhas. A campanha de vacinação contra a gripe segue até 22 de maio e será dividida em etapas, conforme o público alvo:

 

A partir de 23 de março: idosos com mais de 60 anos e profissionais de saúde

 

A partir de 16 de abril: doentes crônicos, professores (rede pública e privada) e profissionais das forças de segurança e salvamento

 

A partir de 9 de maio: crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com 55 anos ou mais, grávidas, mães no pós parto (até 45 dias), população indígena, portadores de condições especiais, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade