Notícias

Surg protegendo seus trabalhadores

14/06/2021

Visando aumentar a segurança dos servidores, a SURG adotou um sistema com escoras metálicas em obras de escavação de vala, a fim de evitar desmoronamentos e acidentes.

 

Desde 2019, a SURG possui duas células de blindagem metálicas utilizadas sempre que necessário. Cada uma das células possibilita a realização de escavações de até cinco metros de profundidade, sem que aconteça algum acidente e mantenha a integridade física do trabalhador.

 

As células são um EPC (equipamento de proteção coletiva) e frequentemente usadas em obras de saneamento, drenagem, construção de redes de gás e oleodutos. Para que funcionem, elas são encaixadas na abertura do solo que será utilizada e servem para escorar os taludes (paredes da área escavada), mantendo-os estáveis e sem riscos de desmoronar enquanto os trabalhadores estiverem trabalhando dentro da vala.

 

Além disso, caso seja necessário. As células podem ser empilhadas se a altura da escavação for maior que cinco metros.