Notícias

Prefeitura de Guarapuava e Centro Universitário Campo Real promovem Círculo de Diálogo

01/12/2022

A ação foi realizada com pais dos (as) alunos (as) da Escola Municipal Professora Luiza Pawlina do Amaral, que fazem parte do Projeto Maria da Penha nas Escolas.

 

Na tarde desta quinta-feira (01), a prefeitura de Guarapuava, por meio da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres e o Centro Universitário Campo Real, promoveram o Círculo de diálogo com os com pais dos (as) alunos (as) da Escola Municipal Professora Luiza Pawlina do Amaral, participantes dos Projetos Maria da Penha nas Escolas e Florescer. 

 

O encontro fez parte das ações em alusão aos “16 Dias de Ativismo pelo fim da violência de gênero”. O intuito principal, foi o de conscientizar a população sobre a necessidade de erradicar a violência contra a mulher, além de divulgar os mecanismos legais para coibir a violência de gênero. 

 

Representando a Secretária da Mulher durante a ação, Laura Maria Iatskiu Vasconcelos, destaca sobre a importância em desenvolver esta ação. “Esta ação marca o encerramento anual do Projeto Maria da Penha nas Escolas e do Projeto Florescer. O principal objetivo dela, é levar o máximo possível de informação sobre a violência de gênero, para que consigamos romper com esse pensamento e atitudes machistas, que são ainda muito marcantes em nossa sociedade”, explicou. 

 

O Círculo de Diálogo foi mediado pelo colaborador do Centro Universitário Campo Real, Anderson Horbusch Furmann Silva. Em sua fala, ele explicou sobre a importância de se promover eventos desta natureza. “Estamos reunidos aqui hoje, com o principal intuito de trocar experiências, aprendizado e vivências. Por meio de uma conversa informal, dentro deste espaço, vamos desabafar”, frisou, adiantando que toda a conversa durante o evento seria mantida em sigilo.

 

Durante a ação, foi proposta uma dinâmica com discussão de valores, incentivando os participantes a terem um papel ativo no melhoramento do convívio familiar. Além disso, foi disponibilizado espaço para os participantes conversarem sobre assuntos relacionados à família, convivências e violência contra a mulher. 

 

Os participantes parabenizaram os organizadores da reunião e agradeceram pelo espaço de diálogo. Segundo disseram, “este foi um momento para refletir e aprender algo novo”. 

 

Nos próximos dias, novas ações como a desta quinta-feira, serão promovidas. Para conferir a programação completa que integra os “16 Dias de Ativismo pelo fim da violência de gênero” CLIQUE AQUI.