Notícias

Servidores da saúde fazem a diferença e orgulham Guarapuava no combate à Covid-19

27/03/2021

Foi no dia 20 de Janeiro quando se iniciava em Guarapuava a Campanha de Vacinação contra a Covid-19. Foi pelos 857 trabalhadores na linha de frente da Covid-19, que receberam as primeiras doses e assim colocavam a cidade contando um outro lado desta história na luta contra a doença.

 

Ainda naquele dia, além da estrutura montada na praça em frente à Prefeitura, a Campanha Guarapuava Imunizada, se estendia pela cidade, alcançando a Upa do Batel, Trianon e Hospital Regional, priorizando os profissionais da saúde que há quase um ano salvando vidas , se expondo, abrindo mão de vida familiar, recebiam as primeiras imunizações.

 

Passados alguns dias a mesma emoção vivida por eles, a campanha foi se encorpando atendendo as faixas etárias. Guarapuava Imunizada avançava na primeira semana, tendo como público alvo os idosos acima de 90 anos, e assim sucessivamente, alcançando agora idosos acima de 70 anos.

 

Não só na cidade mas nos distritos e interior a campanha avança todos os dias.

 

Hoje são quase 12 mil guarapuavanos imunizados. Neste sábado (27) de março, foi alcançada a marca de 11. 922 pessoas imunizadas, com um total de mais de 4 mil servidores da saúde envolvidos nesta força tarefa. Deste total, 7.878 mil idosos, público alvo desta primeira fase da campanha.

 

O dia de hoje, também é mais um daqueles para ser ser comemorado. É que hoje foi batido um novo recorde: com o grupo de vacinados na tenda em frente à prefeitura e com os idosos atendidos no distrito do Guairacá, foram aplicadas pela primeira vez, num só dia,  quase 1000 vacinas, exatas 940 aplicações.

 

“E seremos ainda maiores, sem trégua, num só dia porque se não há vacinação no domingo, é porque este dia é usado para pensar na estrutura toda que será montada para a semana seguinte, disse a coordenadora da campanha Guarapuava Imunizada, Chayane Andrade.

 

Segunda-feira será retomada na busca de  novos números,. este o espírito da equipe de Chayane. Segunda-feira, no interior e na cidade, o trabalho será retomado cedo para vacinar guarapuavanos com mais de 70 anos.

 

O prefeito Celso Góes lembra que não podemos nos descuidar. “Vivemos ainda um momento muito delicado e as recomendações são as mesmas desde o começo da pandemia. Com o uso da máscara, álcool em gel para higienização das mãos, distanciamento social e com a vacina chegando agora em maior número, vamos vencer esta luta”, tenho certeza disso, concluí o prefeito.