Notícias

SEMED: Mais de 10 mil alunos da rede municipal de ensino participam das Olimpíadas de Matemática na Plataforma Digital

12/09/2022

Com o intuito de aproximar e desmistificar o ensino da matemática para crianças e adolescentes, nesta segunda-feira (12) os alunos da rede municipal de ensino de Guarapuava, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) começaram a participar das olimpíadas de matemática por meio da Plataforma Digital Matific. 

 

O prefeito Celso Góes, falou sobre a importância de se investir na educação, que  é uma de suas prioridades de governo. “Investir na educação dessas crianças, com esses tablets e com o Matific, facilita e aprimora cada vez mais o aprendizado dos alunos, além de ajudar os professores no processo da educação”, destacou Góes.

 

A Plataforma Digital de Matemática possibilita que os estudantes façam trilhas de atividades divertidas e interativas que estimulam a resolução de problemas. Os desafios são baseados em cinco eixos: compreensão conceitual, pensamento crítico, contexto significativo, aprendizagem personalizada e participação intrínseca. 

 

“O ensino de matemática é muito necessário, ainda mais após o isolamento que nos trouxe a pandemia. Por isso, implantamos um modelo israelense de ensino, no qual se aprende ludicamente. A Olimpíada de Matemática também será isso: competir brincando, utilizando a matemática para entender profundamente os números e as suas relações do mundo”, apontou o Secretário de Educação, Pablo Almeida.

 

Podem participar os alunos do primeiro ao quinto anos do ensino fundamental I da rede municipal. As provas e a avaliação da olimpíada ocorrem de forma on-line, na Plataforma Digital Matific, os alunos podem entrar e logar com acesso que eles receberam nas escolas. No fim da competição, os resultados vão ser revelados todos ao mesmo tempo em um ranking no site da plataforma. A premiação para as  10 primeiras escolas no ranking, será de forma presencial, já que ela vai até a cidade ganhadora. 

 

“É uma olimpíada muito significativa porque as crianças são movidas de maneira que elas entram na plataforma em massa para o estudo e aprendizado da matemática. Então, é uma forma de centrar as atividades digitais que eles já estão acostumados a terem acesso em casa”, explicou a representante Matific, Larissa Camargo Andrade.

 

“A premiação das escolas varia de acordo com a classificação. No primeiro lugar a escola recebe quinze mil reais, troféu, três tablets, mais medalhas. Segundo lugar, dez mil reais, troféu, três tablets, mais medalhas. Terceiro lugar, cinco mil reais, troféu, três tablets, mais medalhas. E do quarto ao décimo lugar, dois mil reais, mais troféu. E os alunos que melhor se classificarem receberão um prêmio digital”, finaliza Larissa.

 

Plataforma Digital de Matemática

 

Na plataforma são utilizados jogos e atividades lúdicas e interativas para desenvolver o pensamento crítico por meio da autodescoberta, promovendo assim o ensino e a aprendizagem. A plataforma foi desenvolvida para alunos do 1° até o 9° anos do ensino fundamental. 

 

O diretor do Departamento de Informática Educativa da SEMEC, James Ishimoto, falou sobre a importância de incentivar as crianças a aprenderem matemática. “Somos o país do futebol e por que não sermos também, o País da iniciação científica, da matemática? Estimular nossas crianças desde cedo a gostar de matemática e ver que ela está em tudo, é uma de nossas metas”, explicou James.

 

As mais de duas mil atividades estão alinhadas à base nacional comum curricular e ao currículo local, apresentando-se como uma plataforma personalizada para a rede municipal de ensino. Além disso, há alinhamento aos descritores da prova Brasil, com foco na melhoria dos resultados.