Notícias

Secretaria de Turismo promove troca de experiências entre famílias do Caminho de São Francisco e Associação de Turismo de Entre Rios

18/12/2019

Dois dias de troca de experiência e conhecimento. A Secretaria de Turismo de Guarapuava promoveu a integração entre as famílias que atuam no projeto Caminho de São Francisco e os integrantes da Aster (Associação de Turismo de Entre Rios). A proposta tem o intuito de integrar a rota turística dos dois distritos, fortalecendo o turismo em Guarapuava. “Com essa troca de experiência um empreendedor verá como o outro está atuando no turismo. Isso é associativismo. É uma das formas de contribuirmos ainda mais com esse excelente momento pelo qual passa esse setor em nossa cidade. O reflexo será uma cidade mais atrativa e acolhedora, onde não há concorrência e atividades que se completam. Com certeza o turista vai querer ficar mais tempo em Guarapuava para aproveitar tantos atrativos”, declarou o vice-prefeito e secretario de Turismo e de Obras, Itacir Vezzaro.

 

Na semana passada, as famílias do Caminho de São Francisco estiveram em Entre Rios e conheceram diversos pontos turísticos como a Cervejaria Huzzé Bier, Orquídeas e Flores Becker, Memorial de Mathias Leh, criado em homenagem ao ex-presidente da Cooperativa Agrária, entre outros pontos que estão atraindo cada vez mais visitantes ao distrito. Nesta semana, foi a vez dos integrantes do Caminho de São Francisco recepcionarem os visitantes. A primeira parada foi na Fazenda das Marias e teve pinhão na chapa e chá de erva-mate cultivada na propriedade.

 

 

No roteiro também não poderia faltar a igreja amarela de Nossa Senhora de Fátima e a Pousada do Altino. Além disso, os produtores conheceram o famoso galo Pingo de Ouro, que adora posar para fotos e ser alimentado. “Foi uma experiência única. O Caminho de São Francisco tem muitos atrativos e pessoas que mostram como a vida é no campo. Isso torna o caminho cada vez mais rico, com um grande potencial para crescer cada vez mais”, observou o presidente da Aster, Harry Reinerth.

 

 

O proprietário do Cantinho da Família, onde mora o Pingo de Ouro, Nivaldo Scislovski, aprovou a proposta da Secretaria de Turismo. “Essa troca de experiência é muito importante para a gente que trabalha com o turismo. É bom conhecimento de novas formas de trabalhar, de como aplicar nas nossas propriedades e a cada dia renovar”, afirmou.