Notícias

Secretaria de Agricultura realiza a primeira entrega do Projeto Ovinocultura para produtores rurais

29/11/2022

A entrega foi feita na propriedade da dona Salete Aparecida de Moraes, localizada no Rio das Mortes, nesta segunda-feira (28). 

 

A prefeitura de Guarapuava, por meio da Secretaria de Agricultura, realizou a entrega do primeiro lote do projeto Ovinocultura. A entrega foi feita na propriedade da dona Salete Aparecida de Moraes, localizada no Rio das Mortes, nesta segunda-feira (28). 

 

“É um projeto importante em que os agricultores vão devolver para o município trinta animais no período de quatro anos, sendo dez animais por ano, com um ano de carência. É uma oportunidade para que eles possam diversificar suas atividades e desta vez na Ovinocultura. É mais um incentivo para gerar renda e emprego no campo”, destacou o prefeito de Guarapuava, Celso Góes. 

 

Os agricultores que receberão as ovelhas terão a garantia da comercialização dos animais, podendo optar pela venda direta ao mercado, ou por meio da cooperativa Cooperaliança. A proposta do projeto é que trinta produtores recebam ao todo, novecentas matrizes e trinta reprodutores. Conforme o secretário Itacir José Vezzaro, é uma grande oportunidade para as famílias de agricultores, além de ser um investimento para o município.

 

“Com o apoio do nosso prefeito Celso Góes, estamos trazendo essa oportunidade para os produtores, são agricultores que têm aptidão e que gostam da Ovinocultura. Então, nós temos um termo com a cooperativa Cooperaliança que garante a comercialização desses animais desde que o produtor precise de mercado”, relatou Itacir. 

 

Além disso, as famílias que receberão os animais também terão acompanhamento de dois profissionais, sendo um médico veterinário e um agrônomo. Para Dhiully Scheleder, médica veterinária que fará o acompanhamento das ovelhas, com a presença dos profissionais, os produtores e consumidores terão mais segurança. 

 

“Esse acompanhamento técnico é bem importante na parte do rebanho de ovinos, na pastagem, estrutura e principalmente na parte de sanidade dos animais, que a gente faz acompanhamento de vermifugação e vacinação. Para que o produto final chegue ao consumidor com plena qualidade e que ele possa consumir essa carne e esses produtos dos animais com plena segurança”, esclareceu. 

 

Por fim, a dona Salete, que mora há onze anos na propriedade com o marido, comenta que tem um grande amor pela Ovinocultura, e que está muito realizada por receber esse lote. “Agora é só trabalhar, produzir e multiplicar. A gente fica feliz, porque não teríamos condições de comprar um lote tão grande e também ter o acompanhamento dos veterinários. Eu tenho um carinho muito grande por esses animais, estamos com dois filhotes que nasceram na última sexta-feira (25), e cada um que nasce para mim sempre é como se fosse o primeiro. Então, estamos muito felizes com essa oportunidade”, contou.