Notícias

Saúde mental e combate a violência doméstica foram temas do Dia “D” Informação Salva Vidas, no bairro Concórdia 

29/11/2022

A ação ocorreu no último domingo (27), e contou com a divulgação dos serviços das secretarias municipais, entre elas, a Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres, com as informações sobre Violência doméstica. 

 

Na tarde do último domingo (27),  ocorreu o Dia “D” Informação Salva Vidas, na Vila Concórdia, do bairro Boqueirão. O evento é promovido pelo grupo “Informação Salva Vidas”, que reúne mais de 30 instituições parceiras, entre elas as secretarias municipais, e tem o objetivo de levar para a população, informações, serviços e atividades de lazer, tendo como foco principal, a saúde mental dos guarapuavanos.

 

O  Dia “D” Informação Salva Vidas, surgiu a partir de um levantamento realizado pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde e parceiros, que constatou que de 2019 até 2022, o número de tentativas de suicídio e casos de pessoas com problemas de saúde mental tem aumentado no município.

 

“Esse é um tema de extrema importância e que deve ser debatido com a sociedade. Temos visto com atenção o números casos específicos de saúde mental.  O Dia “D” Informação Salva Vidas tem possibilitado que a população receba orientação, serviços, encaminhamentos especializados e que a saúde mental seja discutida de forma leve”, destaca o prefeito de Guarapuava, Celso Góes. 

 

Durante a programação, os moradores puderam participar de conversas sobre saúde mental, receber orientações sobre acesso aos programas sociais e  informações sobre estágios. Além disso, foram oferecidos serviços de saúde, como a aferição da pressão e massagens corporais gratuitas. 

 

O evento contou também com oficinas de artesanato, assim como, a presença da biblioteca itinerante da Secretaria de Cultura e atividades de recreação com a Secretaria de Esporte e Recreação, atrações artísticas e culturais.

 

16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência de Gênero

 

Esta edição do Dia “D” Informação Salva Vidas, integrou a programação da campanha anual e internacional que leva informações sobre o combate à violência doméstica, o “16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência de Gênero”, promovido pela Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres (SPPM), por meio da Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher. No bairro, o objetivo foi aproximar as mulheres dos serviços especializados para romper o ciclo de violência na comunidade.

 

“A intenção de integrar o Dia “D” Informação Salva Vidas com os 16 Dias de Ativismo, se dá pelo público alvo do evento, que é justamente as mulheres entre 15 a 45 anos de idade. A situação de violência doméstica familiar é uma constante dentro desse perfil, que chegam a tentar suicidio. A ação dos promotores desses eventos, tem o intuito de aproximar as mulheres do bairro, dos serviços que podem apoiá-las no rompimento do ciclo da violência”, destaca a secretária de Políticas Públicas para Mulheres, Priscila Schran.

 

Para a Moradora, Marilene Rocha, as informações e toda a ação promovida é essencial para que todos possam saber que direcionamento tomar, e quais profissionais devem procuram nesses casos. “Eu tenho certeza que esse evento chega até nós para somar, pois aqui ficamos sabendo como devemos agir e para quem temos que pedir a ajuda que é tão importante. Além do mais, enquanto somos informados podemos proporcionar aos nossos filhos, um momento de diversão”, destaca a moradora. 

 

Vale ressaltar que os 16 Dias de Ativismo, vem para complementar as ações e divulgar todos os serviços que são fornecidos no município. Ademais, aproximam a sociedade do tema, para desconstruir o pensamento de que violência não é só agressão física.