Notícias

Retrospectiva 2022: SECULT difunde a arte e diversos movimentos artísticos em seu primeiro ano de criação

02/12/2022

Em 2022, com o avanço da vacinação e a diminuição de casos de COVID-19, a população pôde novamente participar de algumas atividades presencialmente, sempre seguindo as normas de segurança.

 

Este ano, por meio de uma antiga reivindicação da classe artística de Guarapuava, foi criada a Secretaria de Cultura (SECULT), responsável por difundir as atividades culturais e a arte do município. Esta é a primeira vez na história de Guarapuava, onde uma secretaria é exclusivamente voltada à elaboração de políticas públicas para a área cultural.

 

Para Rita Felchak, secretária da Pasta, o fomento e o estímulo à cultura, todas as suas manifestações, além da preservação da herança histórica e cultural, o intercâmbio de conhecimento atribuídos à arte são fatores extremamente importantes para Guarapuava. Além do mais, conforme reitera, em 3 de junho de 2022, data em que foi empossada, se tornou também, um grande marco histórico não apenas para ela, mas para a classe artística cultural em geral.

 

“Aquele foi mais um passo que estava sendo dado. Tudo isso, é uma conquista de uma luta que começamos há muitos anos. Se pudemos nos reunir, é porque nunca desistimos. A posse, foi dia de concretizar um sonho antigo, para conquistar nossos direitos e continuar na luta pelas oportunidades, acreditando na transformação dos seres humanos por meio da cultura, pois todos os dias a arte salva, a arte cura e transforma”, afirmou a secretária.

 

Em 2022, com o avanço da vacinação e a diminuição de casos de COVID-19, a população pôde novamente participar de algumas atividades presencialmente, sempre seguindo as normas de segurança, com distanciamento e uso de máscaras. É o caso da realização da II Conferência Municipal de Cultura e Patrimônio Histórico de Guarapuava, que este ano teve por tema: “Ações e Estratégias para o Fortalecimento da Cultura de Guarapuava: construção do Plano Municipal de Cultura”. O evento de fomento cultural, teve por objetivo apresentar o novo Plano e empossar os novos Conselheiros Municipais de Cultura. Uma iniciativa importante para a nova secretaria e município.

  

Exposições

 

Além das apresentações das reuniões artísticas e culturais, a Secretaria promoveu diversas exposições de artes, todas realizadas no Centro de Arte Iracema Trinco Ribeiro e com entrada gratuita. A exemplo disso, houve os seguintes eventos:

 

-Multiverso Cósmico 

 

O projeto Multiverso Cósmico, de Karina Muscarina, integra a arte, consciência e espiritualidade. Nele foram apresentadas obras inéditas, com o objetivo de trazer novas ideias sobre as diferentes possibilidades e dimensões que o Multiverso apresenta.

Dentro deste contexto, a artista desenvolve seus trabalhos a fim de incluir cenários multidimensionais com muita simbologia e misticismo, que traduzem bem a sua visão cósmica do todo.

 

-Arte Criativa

 

Neste projeto, foram expostos os trabalhos dos alunos da oficina do Centro de Artes Iracema Trinco Ribeiro. A oficina apresentou tarefas desenvolvidas durante o ano de 2022, e teve o intuito de desenvolver a criatividade e proporcionar aos alunos a criação de obras exclusivas, autênticas e cheias de personalidade.

 

 -Vidas em Construção

 

Esta exposição contou com as obras da gaúcha Tuda Gasparetto. A artista visual trabalha com fusão de vidro e, desta forma, ela cria esculturas a partir de peças utilitárias que encantam em seus formatos e cores. Além disso, em seu trabalho, Tuda utiliza-se do reaproveitamento de garrafas de vidro, onde estes objetos em desuso, que são categorizados como descarte, se transformam em arte a partir do olhar da artista. 

 

 -Mãos que unem gerações

 

Mãos que unem gerações, foi um projeto desenvolvido em uma parceria entre a Fundação Cultural Suábio-Brasileira e a fotógrafa Nicole Gutfreund. Num lampejo intuitivo, nasce a ideia de revelar a força e a energia das mãos, assim como as marcas implacáveis nelas deixadas pelo tempo: da vivência, do trabalho, das conquistas, do estar aqui para servir. 

 

Comemorações

 

E em comemoração ao Dia do Gaúcho, ocorreram dois dias de celebrações em alusão à Revolução Farroupilha. Na abertura, houve muitas homenagens à comunidade com uma programação variada. No início, foi realizada a famosa cavalgada pelas ruas da cidade, em seguida, a costelada no almoço da amizade com membros dos CTG’s Chaleira Preta e Fogo de Chão. Ainda durante o evento, houve um encontro cultural com diversas apresentações, como declamações de poesias; músicas nativistas; demonstrações esportivas; roda de chimarrão; contação de causos e danças.  Já o segundo dia de programação ficou por conta das apresentações artísticas. Diversos grupos de danças independentes se reuniram no Teatro Municipal Marina Karam Primak para mostrar sua arte. 

 

Neste evento, conforme a Secretaria Municipal de Cultura, o objetivo era o de resgatar e fomentar a cultura gaúcha na cidade, conforme contou na ocasião, o assessor da SECULT, Cleiton Marques. “A secretaria espera fomentar os grupos de danças, grupos tradicionalistas, CTG’s, piquetes e motivar ainda mais para que a cultura cresça dentro do município”, pontuou.

 

Fomento à arte local

 

Dentre as ações, esteve o Hip Hop Festival, que reuniu jovens, crianças e adultos para um dia de muita música, diversão, batalhas de rimas e shows com artistas de renome no cenário local, regional e nacional. Com uma programação que perdurou desde o início do mês de outubro, artistas locais e regionais participaram de batalhas de MCs e workshops com DJ’s em diversos pontos de Guarapuava, como CEU das Artes, Usina do Conhecimento e Parque do Lago. Naquela ocasião, os momentos mais marcantes foram os shows de DBS Gordo chefe e Pateta Código 43. 

 

Incentivo à Leitura

 

Em novembro, foi realizada a primeira cerimônia do prêmio “Leitores do Ano”. O evento teve por objetivo destacar aqueles leitores que mais fizeram empréstimos ao longo de 2022, na Biblioteca Municipal Padre Luiz de Montoya. Entre as categorias destacaram-se: Infantil; infantojuvenil; adulto; sênior e PCD. A cerimônia contou com música ao vivo e troca de experiência dos leitores assíduos. Vale ressaltar que a Biblioteca tem mais de 34 mil livros com títulos de todos os gêneros, para todas as idades. 

 

Festividade de fim de ano

 

Em 10 de dezembro, foi aberta ao público a Casinha do Papai Noel, que recebeu diversas famílias e divertiu as crianças de toda a cidade, que puderam, mais uma vez, se emocionar e celebrar a chegada do Natal. Um dia antes, 9 de dezembro, aniversário do município, foi realizado o espetáculo Coral dos Anjos, que reuniu quase três mil vozes de crianças entoando diversas canções. Neste dia, Guarapuava completou 203 anos de emancipação.

 

Este ano, as festividades que findam o ano, foram muitos esperadas, marcando com alegria e emoção, a retomada depois de uma parada de dois anos, por causa da pandemia de COVID-19, que dentre as restrições, exigia o distanciamento social para conter a doença. 

 

Além disso, para finalizar o ano, houve a conclusão das oficinas culturais, que, desde o início, têm rendido diversos trabalhos em todas as linguagens da arte, além de apresentações da corporação musical. A Banda Jovem, Orquestra e Coral com a agenda lotada, são exemplos disso, com muitas apresentações em diferentes eventos nas mais diversas instituições.