Notícias

Plantação de Lavanda: Com apoio da Secretaria de Agricultura, produtores rurais de Guarapuava exploram maneiras de aumentar a renda

20/07/2023

No distrito do Guairacá, em Guarapuava, a dona Maria Eli da Silva (Mara) e seu marido Mário Poczynek ganham a vida com a agricultura. O milho e o feno são suas principais produções, mas recentemente o casal resolveu diversificar ainda mais e, com o apoio da Secretaria de Agricultura, começaram uma plantação de lavanda em um terreno de propriedade que até então estava inutilizado. 

 

A ideia surgiu após uma conversa entre os agricultores e o secretário de Agricultura de Guarapuava, Itacir Vezzaro, e foi possibilitado a partir do programa “Vida Rural”, que engloba um amplo aspecto de projetos e busca dar suporte aos produtores em seus negócios.

 

“O programa Vida Rural desempenha um papel fundamental ao oferecer suporte aos pequenos produtores, auxiliando-os a enfrentar desafios, como a comercialização. Nossa equipe técnica está dedicada a fornecer orientação e apoio em relação à comercialização e transporte, assegurando que os agricultores tenham acesso a diversos mercados e maximizem seus lucros. Além disso, nosso time oferece direcionamentos sobre a otimização do uso das áreas de suas propriedades, a utilização eficiente da mão de obra disponível, entre outras formas de ajuda”, destacou Vezzaro. 

 

A viabilização do plantio de lavanda pelo casal de agricultores se deu a partir de duas ideias de comercialização: a venda de óleos essenciais, extraídos da lavanda, a mercados da região, e o turismo. O plano de Mara e Mário é acrescentar atrativos para desenvolver o lugar, receber turistas e monetizar o lavandário.

 

“No caso da Maria e do Mário, a ideia é diversificar e otimizar as atividades nas propriedades, gerando mais renda a partir de alternativas práticas, como a produção de óleos essenciais da lavanda, além de todo potencial turístico. Muitas pessoas visitam essa região, tiram fotos e a família está investindo nesse projeto. Além disso, eles têm a oportunidade de colher a matéria-prima, a massa de lavanda, que será adquirida pela indústria local através de um acordo de cooperação com a Prefeitura de Guarapuava. Esse projeto é de extrema importância, especialmente para os pequenos agricultores do município”, ressaltou o secretário.

 

Enquanto aguardam o pleno desenvolvimento das lavandas, Mário e Mara continuam no cultivo das outras produções. O caso deles é um incentivo aos outros agricultores da região que querem obter uma renda extra ou até mesmo apenas diversificar sua produção.

 

“É algo fácil de administrar e cultivar, além de ser prazeroso. Acredito que isso vai se encaixar muito bem aqui no distrito, e que será importante para o turismo também. Finalizamos o plantio no dia 23 de dezembro e desde então tem sido bem gostoso trabalhar com a lavanda. As crianças gostam porque chama a atenção. É uma atividade lucrativa, e a beleza da lavanda é impressionante. É uma forma de diversificar nossa produção e obter uma renda extra que só foi possível graças à Secretaria de Agricultura e à prefeitura”, afirmou Mara.