Notícias

Monumento de São Francisco é instalado no acesso à estrada do Guairacá

08/12/2020

Nesta segunda-feira (7), o projeto de turismo rural, Caminho de São Francisco da Esperança, realizou uma ação que vinha sendo idealizada há algum tempo pelos responsáveis. Para impulsionar e divulgar a rota até a maior queda d’água da região sul do Brasil ( 196 metros), nada mais significativo do que um monumento em homenagem ao santo patrono do salto, São Francisco. A estátua tem quase 3 metros e meio de altura e foi colocada sobre uma base de 8 metros, ficando visível para quem passa pela BR 277, na trincheira que dá acesso à estrada do Guairacá. Dois guindastes foram usados para fazer a instalação.

 

Além do Santo, o monumento é composto por um lobo guará, uma gralha, a araucária, símbolo do estado e uma das principais árvores nativas da região, além do próprio salto, cuja água brota das mãos do santo.

 

 

Monumento pode ser visto por quem passa na BR 277. – Foto: Secom

 

Esse monumento é o cartão de visitas e uma referência ao projeto que possibilita a geração de renda para os pequenos agricultores se manterem na propriedade, diversificando as atividades e oferecendo aos turistas os alimentos que eles mesmos produzem. Além, é claro, de incentivar o turismo de aventura, aproveitando o potencial que a natureza nos oferece. Desse modo, é extremamente simbólico, pois remete à conexão do homem com a natureza expressada pelo amor e o exemplo de São Francisco, declarou o vice-prefeito de Guarapuava, Itacir Vezzaro.

 

Monumento tem referências a símbolos da natureza em nossa região. – Foto: Secretaria de Turismo.

 

Agora, o monumento de São Francisco dá as boas vindas ao roteiro de turismo que leva o mesmo nome, assim como o salto, a comunidade do local, além do rio que possui a queda d’água.

 

Rotatória de acesso à estrada do Distrito do Guairacá/Caminho de São Francisco da Esperança – Foto: Secretaria de Turismo.

 

Entenda o projeto

O projeto de Turismo Rural, Caminho de São Francisco da Esperança, teve início em fevereiro de 2018. Nesses quase três anos, diversas ações para dar mais visibilidade à rota turística e ao Salto São Francisco foram criadas numa parceria entre a equipe responsável pelo projeto e a comunidade que reside ao longo dos 45 km de extensão da estrada até o Parque São Francisco.

 

Diante da oportunidade de pessoas querendo aproveitar as belezas naturais, aliada à economia financeira da agricultura familiar. Agora, com o monumento vamos divulgar a rota, pois ficará visível aos milhares de veículos que circulam pela rodovia 277, sendo um convite para conhecer as propriedades que oferecem desde café da manhã à pratos típicos e uma experiência única da vida rural, comenta Valéria Stocki, coordenadora do programa municipal de Turismo Rural.

 

 

 

Projeto incentivo o turismo rural e ajuda a diversificar as atividades e a fonte de rende de pequenos agricultores. – Foto: Arquivo/Secom.

 

Por meio de visitas com interação social, paisagens e gastronomia, o projeto, que hoje abarca cerca de 19 famílias, segue para fortalecer o turismo rural na região.

 

Propriedade integrante do Caminho de São Francisco. – Foto: Arquivo/Secom.