Notícias

Lideranças discutem projeto de construção da Casa da Mulher Brasileira

28/06/2021

A equipe da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres se reuniu nesta quarta-feira (23) para discutir sobre a construção da Casa da Mulher Brasileira e da Praça Transversal. O encontro contou com a presença do prefeito Celso Góes, da secretária de Políticas Públicas para Mulheres, Priscila Schran, do secretário de Planejamento e Urbanismo, Paulo Dirceu Rosa de Souza, do reitor do Centro Universitário Campo Real, Edson Aires, da pró-reitora Patricia Melhem e da coordenadora do Curso de Arquitetura e Urbanismo, Iris Parada.

 

A Casa da Mulher Brasileira é um projeto inovador que visa humanizar o atendimento a mulheres vítimas de violência, integrando serviços especializados como Acolhimento e Triagem, Apoio Psicossocial, Delegacia, Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, Serviço de Promoção de Autonomia Econômica, Espaço de cuidado das crianças – Brinquedoteca e Central de Transportes.

 

A deputada Cristina Silvestri teve importância fundamental na articulação política com os senadores Alvaro Dias, Flávio Arns e Oriovisto Guimarães para obtenção dos recursos do projeto. O deputado federal Aroldo Martins também forneceu uma emenda no ano passado e parte dessa verba é direcionada a CMB. No total serão mais de R$ 2 milhões em investimentos.

 

A cidade de Guarapuava será a segunda no Paraná a receber o espaço, que inicialmente seria construído próximo à praça Santa Terezinha, mas visando a aproximação estratégica à delegacia que será transferida de local, a Secretaria solicitou que reconsiderassem a área de construção, que está em processo de acordo entre os responsáveis. Assim como a localização, os projetos arquitetônicos e estruturais também estão em desenvolvimento, em parceria com o Centro Universitário Campo Real.

 

A previsão é que as obras sejam iniciadas em março de 2022 e finalizadas em março de 2023, data em que a Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres comemora 10 anos.