Notícias

II Seminário Nós propomos! Guarapuava marca a valorização do diálogo com o cidadão

24/11/2022

A proposta da atividade é fazer os cidadãos participarem ativamente das soluções para problemas encontrados na área urbana do município.

 

Na manhã desta quinta-feira (24), aconteceu no auditório central do Campus Cedeteg da Universidade Estadual do Centro-Oeste  (Unicentro), o encerramento do II Seminário Nós propomos! Guarapuava: juventude educando-se na/com a cidade.

 

Em parceria com a Universidade de Lisboa (Ulisboa) e com o apoio do Núcleo Regional de Educação e da Prefeitura de Guarapuava, o seminário integra o projeto de extensão do curso de Geografia da Unicentro, que conta com financiamento da SETI (Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior).

 

O projeto busca unir o ensino básico e superior na busca por soluções para problemas encontrados na área urbana de Guarapuava. A ação reúne 180 estudantes do Ensino Médio de seis escolas estaduais da cidade. 

 

O secretário de Meio Ambiente, participou pela manhã do Seminário e contou o que sente em participar desta ação. “Estou muito feliz em participar deste projeto, e principalmente aqui hoje onde marca o encerramento desta ação. Ver os jovens e estudantes olhando para os problemas urbanos de Guarapuava, sob uma outra perspectiva, enquanto agentes atuantes com o intuito de contribuir para a melhoria e solução destes problemas é muito satisfatório”, destacou o secretário. 

 

A coordenadora do projeto, professora Marquiana de Freitas Vilas Boas Gomes, explica como funciona o projeto. “O projeto é voltado à cidadania territorial, tendo como premissa o protagonismo juvenil para pensar na cidade de forma inteligente e educadora. Os participantes escolhem problemas cotidianos do município e vão a campo conversar com a população em diferentes bairros, a fim de elaborar um diagnóstico e identificar possíveis soluções”, contou. 

 

Estiveram presentes no evento pela manhã, o secretário de Planejamento e Urbanismo Paulo Dirceu Rosa de Souza, servidores municipais, alunos das escolas estaduais que integram o projeto, acadêmicos e servidores da Unicentro.