Notícias

Guarapuava registra menor índice de casos ativos desde 20 de novembro

28/12/2020

De acordo com o Boletim Epidemiológico desta terça-feira, 29,  a cidade de Guarapuava registrou o menor índice de casos ativos desde o dia 20 de novembro, quando 682 pacientes estavam com o vírus. Segundo a equipe da Secretaria de Saúde, 578 pessoas estão contaminadas e outros 168 casos estão em investigação. Com a decretação do período de alerta epidemiológico e a imposição de medidas mais restritivas com aplicação de sanções e ampliação da fiscalização, o efeito foi positivo com quedas mais significativas a partir de 17 de dezembro, conforme mostra o gráfico abaixo.

 

Gráfico mostra evolução dos casos ativos nos últimos 30 dias. – Foto: Secom

 

A população entendeu a necessidade de reforçarmos os cuidados. Assim, houve uma queda gradativa na quantidade de casos. Pra se ter uma ideia, no dia 17 de dezembro atingimos um pico de 970 casos ativos. Isso significa que estamos no caminho certo. No entanto, a tendência é que o índice volte a crescer, principalmente, a partir de janeiro, devido às viagens e reuniões familiares no final deste ano. Não podemos perder o foco na prevenção e manter todos os cuidados necessários para evitar o contágio como uso de máscaras e distanciamento e não aglomeração, declarou o secretário Municipal de Saúde, Jonilson Pires.

 

Todas as recomendações de higiene e cuidados individuais para evitar a contaminação com o Coronavírus devem ser mantidos, independentemente das comemorações de final de ano. Pois, o mês dezembro foi o que mais registrou mortes de pacientes relacionadas a Covid-19 – 24 até o momento, principalmente de pessoas com 60 anos ou mais (73%). Outro dado importante que serve de alerta é a taxa de ocupação dos leitos de UTI do Hopital Regional de Guarapuava, HRG. Nesta terça-feira (29), 22 dos 25 leitos de UTI  estão ocupados, segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde, SESA, por meio da 5ª Regional de Saúde. Além de atender o Município e uma região de quase 500 mil habitantes, o HRG também recebe pacientes de outras regiões do estado.

 

Boletim Epidemiológico desta terça-feira, 29. – Fonte: Secretaria de Saúde

 

Alerta

Iniciado em 26 de novembro, o período de alerta epidemiológico em Guarapuava foi ampliado pela primeira vez em 4 de dezembro, com as restrições impostas pelo Governo do Paraná, para conter o avanço da pandemia. Nesta segunda-feira (28), novamente a prefeitura prorrogou o prazo, estendendo as medidas até 7 de janeiro de 2021. Veja mais informações aqui.

 

Entre as principais medidas estão o toque de recolher, a proibição da venda e consumo de bebida alcoólica das 23h às 5h da madrugada e de reuniões, festas e confraternizações que gerem aglomerações e maior risco de contaminação. No entanto, o Governo estadual abriu uma exceção na virada do ano (de 31 de dezembro para 1º de janeiro de 2021) com relação a esses pontos. As demais regras estaduais e municipais continuam vigentes independentemente do feriado.

 

Testes rápidos e do tipo PCR são feitos no Ginásio Joaquim Prestes. – Foto: Secom

 

Call Center 

O serviço de atendimento para pessoas infectadas com o Novo Coronavírus permanece com atendimento diário, mesmo durante as festas de final de ano. O número de atendentes triplicou durante este mês para dar agilidade e facilitar a marcação de testes, além do acompanhamento dos casos positivos.

 

Agora o atendimento é eletrônico e a pessoa deve escolher a opção conforme o tipo de informação que precisa (aparecimento de sintomas, resultado de testes, ou orientações relacionadas à Covid-19).

 

Caso seja necessário, o paciente é encaminhado par uma consulta com um médico que faz a avaliação clínica.  Para saber mais sobre o atendimento do Call Center, clique aqui.

 

Equipe do Call Center triplicou o número de linhas para atendimento de pessoas contaminadas. – Foto: Secom

 

Já, as UBS fazem o acompanhamento de pessoas com suspeita de contaminação. Caso o paciente tenha dificuldade para ser atendido no 0800 pode ligar na Unidade de Saúde mais próxima e receber as orientações.  Do mesmo modo, conforme a gravidade dos sintomas, pode ser agendada uma consulta com médico e a realização de testes.

 

Serviço

O atendimento do Call Center  é de segunda à segunda, mesmo durante  o feriado de Ano Novo. No entanto, o horário nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro será das 8h até as 21h.  Nos demais dias, o serviço do 0800 642 0019 segue das 8h da manhã às 23h.