Notícias

Funcionamento do comércio e as medidas de prevenção à Covid-19

16/04/2020

Desde março, a Prefeitura de Guarapuava tem adotado medidas preventivas para o controle da pandemia da Covid- 19. As mudanças foram estabelecidas através de decretos, incentivando a população ao distanciamento social como principal forma de segurança.

 

Reforçando o cuidado com a saúde da população e estabelecendo medidas alternativas para a economia, como por exemplo, a abertura parcial do comércio de segunda a sexta-feira e a liberação de serviços de entrega em domicílio diariamente, algumas medidas de prevenção à Covid-19 são essenciais. Todas elas são amplamente divulgadas pela administração municipal de forma constante, desde o início das medidas de enfrentamento ao novo coronavírus, mas, não custa nada relembrar aos comerciantes e à população em geral sobre as dicas valiosas de proteção:

 

  • Uso obrigatório de máscaras de proteção em todos os ambientes (tanto para quem trabalha quanto para quem circula pela cidade)

 

  • Manter a distância segura entre pessoas, de no mínimo dois metros, em filas de bancos e lotéricas principalmente

 

  • Lavar bem as mãos com água e sabão, e quando não for possível, higienizá-las com álcool 70%

 

  • Fazer a higienização freqüente dos ambientes comerciais, incluindo carrinhos de supermercado, balcões e superfícies diversas
  • Manter os ambientes arejados com janelas e portas abertas

 

  • Evite qualquer tipo de aglomeração

 

  • Prefira o atendimento online e as entregas em domicílio

 

(Foto: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

 

Com a colaboração de todos os guarapuavanos, conseguiremos reduzir os impactos da pandemia no município, tanto na saúde quanto na economia. Para isto, se proteja! Só saia de casa quando for extremamente necessário. E se sair, use a máscara.

 

 

 

Outras dicas também podem ser adotadas. Veja mais:

 

Aprenda o manuseio correto das máscaras de prevenção

Veja o passo a passo para higienizar as mãos corretamente 

A importância da etiqueta respiratória em tempos de Covid-19