Notícias

Equipes da Setran atuam na organização de filas em agências bancárias

05/05/2020

Quem precisa ir até agências bancárias ou lotéricas já notou que, assim como em todo o país, as filas estão muito longas. A preocupação, diante desse momento, é com as normativas de segurança para enfrentamento à Covid-19 que não podem ser esquecidas. Para auxiliar no cumprimento dessas medidas, a equipe da Setran (Secretaria de Trânsito e Transportes) está nas ruas de Guarapuava atuando na organização e fiscalização de filas em estabelecimentos e orientando sobre o uso obrigatório de máscara.

 

“Passamos rotineiramente com equipes volante, compostas por agentes de trânsito e de fiscalização do Estar, organizando filas, principalmente em agências bancárias e lotéricas, da região central. Nosso trabalho atua na manutenção do cumprimento das medidas de distanciamento social e para evitar aglomerações, sempre buscando proteger os munícipes que precisam ir até esses locais”, afirmou o secretário de Trânsito e Transportes,  Adalberto Campos.

 

(Foto: Setran/Prefeitura de Guarapuava)

 

O trabalho mais intenso da equipe foi na agência da Caixa Econômica Federal do Centro, onde havia um número maior de pessoas buscando, principalmente, o recebimento de parcelas do Auxílio Emergencial do Governo Federal. “Para garantir a segurança dessas pessoas, organizamos a fila em formato caracol, com sinalização no chão e marcação de espaço entre o público que aguardava na fila, garantindo a distância recomendada”, explicou Adalberto. Outra medida adotada pela equipe foi o fechamento temporário das ruas Visconde de Guarapuava com a XV de Novembro e Marechal Floriano Peixoto com a Pinheiro Machado para que as pessoas pudessem circular nesses trechos, entre as ruas e a praça, com mais espaço e proteção.

 

A administração municipal segue recomendando o distanciamento social como principal medida para minimizar a velocidade de propagação do novo coronavírus. As pessoas que realmente precisam sair de casa devem obedecer as normativas de segurança como uso obrigatório de máscaras e evitar aglomerações. Outra medida importante é para que apenas uma pessoa da família saia de casa. “Se apenas a pessoa que realmente necessita do serviço bancário, nas lotéricas, mercados ou farmácias sair de casa, já teremos um redução significativa nas filas dos estabelecimentos”, finalizou o secretário.