Notícias

Descentralização de 2° dose da vacina contra Covid tem boa adesão 

31/08/2021

Somente neste primeiro dia de descentralização, mais de 700 moradores buscaram uma das cinco Unidades Básicas de Saúde, UBS’s, que promoveram a ação piloto de aplicação de segundas doses contra a Covid-19. A dona de casa Francelise Aparecida Matoso foi até a UBS São Cristóvão, acompanhada da filha Maria Helena, e ficou satisfeita com o atendimento. “Eu tenho filha pequena, mas não tinha com quem deixar. Então, tomar a vacina perto de casa e em tão pouco tempo, é uma alegria”, declarou.

 

A distribuição de senhas nas UBS’s iniciou às 13h, com quantidade de doses pré-estabelecida para cada local e vacinas de todos os laboratórios (Pfizer, Coronavac e Astrazeneca). “Estamos muito satisfeitos, desde já a descentralização das doses está sendo eficiente, devido a boa adesão da população”, destacou a coordenadora da campanha Guarapuava Imunizada, Chayane Andrade. 

 

Moradores do São Cristóvão aguardaram na fila para tomar a dose de reforço.

 

A descentralização da aplicação do imunizante visa facilitar o deslocamento dos moradores, diante da ampliação da campanha para novos públicos (adolescentes) e da previsão de aplicação da terceira dose de reforço para pessoas com mais de 70 anos, com início ainda no mês de setembro. “Moro próximo aqui, então, ficar alguns minutos na fila não tem problema, agora estou mais aliviada com a segunda dose” explicou Elisandra Brautigan, moradora da região da UBS Boqueirão.   

 

Além das unidades do São Cristóvão e Boqueirão, a ação também ocorreu nas UBS do Morro Alto, Xarquinho I e Vila Carli, das 13 às 17h, e será repetida todas as terças e quintas-feiras. 

 

Com a aceitação dos moradores, o projeto-piloto pode ser expandido já nos próximos dias para outras regiões “Estamos programando a descentralização das UBS’s dos interiores e as de difícil acesso, totalizando, em 2 semanas, 10 unidades aplicando a 2ª dose da vacina”, completou Chayane.

 

Imunização

Para ser imunizado, basta apresentar a carteira de vacinação e um documento de identificação com foto. As senhas são distribuídas a partir das 13h. Em caso de dúvidas, as pessoas que fazem parte do público-alvo devem procurar essas unidades de saúde.

 

Tendas

As segundas doses continuam sendo aplicadas nas tendas na Praça Cândido Xavier nos dias específicos.