Notícias

Com plataforma online, serviços da Secretaria de Assistência chegam à crianças e idosos

28/04/2020

A rotina saudável da dona Inês Maria Carone começa cedo na academia improvisada. O espaço escolhido foi a garagem de casa, onde equipamentos domésticos viram aparelhos de ginástica. É assim que a aposentada de 66 anos se exercita: vendo aulas ao vivo, oferecidas pelos serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, da Prefeitura de Guarapuava. A ação leva as atividades da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social até aqueles que estão em isolamento domiciliar compulsório. “Estou adorando, me traz mais ânimo. Acompanho de manhã e à tarde, usando coisas da minha casa. Não tenho tatame, então coloco um tapete e faço. Parada não dá pra ficar, temos que nos exercitar, nos cuidar”, contou dona Inês, participante do grupo Santa Terezinha, no Programa Ativa Idade.

 

Utilizando uma página do Facebook, as atividades são disponibilizadas para enriquecer o cotidiano em casa. Com a pandemia da Covid-19, diversos serviços da Secretaria se adaptaram em formato online para acolher idosos e crianças. “Nossos idosos já têm uma familiaridade com as redes sociais pelo curso de smartphone que oferecemos. Por lá, eles e as crianças acompanham nossas atividades durante o isolamento social. Levamos mais saúde com a colaboração de profissionais para aulas de dança, ginástica, exercícios e musicalização infantil”, explicou a coordenadora da Proteção Social Básica da Secretaria, Andréia Turkot.

 

Há seis anos como professora de dança e música no Ativa Idade, Carol Taques, vê a nova plataforma como uma injeção de ânimo neste momento social. “Tivemos que nos adaptar para manter nossos vínculos ativos. Com essa estratégia alcançamos eles em casa, de forma segura, fortalecendo o vínculo que já tinham nos grupos da terceira idade”, avaliou.

 

(Foto: Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social/Prefeitura de Guarapuava)

 

Além das transmissões, o atendimento é ampliado com visitas domiciliares aos idosos. Realizando todos os cuidados, o professor orienta os exercícios do lado de fora das residências. “Vamos a todos os bairros e Distritos de Entre Rios, Palmeirinha e Guará. Do lado de fora das casas, verificamos se os idosos precisam de algo, se têm álcool em gel ou máscaras. Instruímos sobre o isolamento domiciliar e incentivamos a prática de exercícios”, completou a coordenadora da Proteção Social Básica da Secretaria, Andréia Turkot.

 

Para as crianças, são as aulas de musicalização e jogos com materiais recicláveis que chamam a atenção. Para aquelas que fazem parte do Serviço de Convivência, atividades educativas impressas são entregues em casa. “Juntamente com as máscaras, entregamos lições que relembram a prevenção nesta pandemia, estimulamos brincadeiras, autoestima, amor, companheirismo e esperança”, finalizou a coordenadora.

 

Para os interessados em receber as visitas domiciliares, o pedido pode ser feito pelo telefone (42) 3623-7995 ou através da página no Facebook.