Notícias

Coletiva de imprensa apresenta balanço das ações realizadas em favor dos atingidos pela chuva na noite 27 de dezembro

29/12/2022

O prefeito de Guarapuava, Celso Góes, destacou que a ação rápida do município no atendimento aos atingidos pela chuva, foi essencial para que o problema não se agravasse.

 

Na manhã desta quinta-feira (29), uma coletiva de imprensa apresentou um balanço das ações realizadas pela prefeitura de Guarapuava, em favor dos atingidos pela chuva intensa na noite de 27 de dezembro.

 

A entrevista foi na sala de reuniões do gabinete do prefeito e contou com a presença de vários representantes de veículos de comunicação da cidade.

 

O prefeito de Guarapuava, Celso Góes, destacou que a ação rápida do município no atendimento aos atingidos pela chuva, foi essencial para que o problema não se agravasse. Celso ressalta também, que as equipes da Defesa Civil e da Secretaria de Assistência Social estão sempre preparadas para atendimentos emergenciais. 

 

“Nossas equipes da Defesa Civil e da Assistência Social agiram rápido, pois estão preparadas para essas situações. A comunicação do município foi pontual e ajudou na divulgação dos locais com maiores dificuldades e que careciam de ajuda. O volume de chuva que caiu em uma hora, foi o esperado para todo o mês de dezembro. Por isso, o alagamento foi inevitável. Mas a resposta que demos, por meio das nossas Secretarias e órgãos, que trabalharam em conjunto, desde o primeiro momento do problema, foi essencial para amenizar as dificuldades que muitas famílias enfrentaram e ainda enfrentam, dois dias depois do ocorrido. Nosso trabalho vai continuar, pois nosso pessoal permanece nas ruas dando total apoio aos moradores afetados”, discorreu o prefeito.

 

A secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Elenita Lodi, falou da importância da preparação para os momentos de dificuldades. Ela sublinha ainda, que a união com outras Secretarias do município, órgãos e entidades, bem como, com a comunidade, fazem a diferença nesses momentos pela agilidade em solucionar o problema. 

 

“Enquanto Secretaria de Assistência Social, precisamos estar sempre preparados para os momentos de calamidades. Juntamente com a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros, agimos logo nos primeiros momentos depois da chuva e conseguimos chegar aos atingidos com rapidez. Desde a noite de 27 de dezembro, prestamos atendimentos a 304 famílias, entregamos 1942 telhas, distribuímos 4000 metros quadrados de lona plástica, 50 cestas básicas, 150 kits de higiene e limpeza e 80 colchões. Com isso, logo nas primeiras horas, conseguimos ajudar aos necessitados e levar o suporte necessário naquele momento de dificuldade e desespero”, enumerou Elenita.

 

A coordenadora da Defesa Civil no município, Simone Lozeckyi, contou que cinco equipes começaram a trabalhar às 21h de terça-feira (27) e prosseguiram com os atendimentos até as 4h da madrugada de quarta-feira (28). Para ela, o suporte foi essencial para amenizar os riscos. 

 

“Desde as 9h da noite de 27 de dezembro, cinco equipes foram para as ruas prestar socorro aos atingidos pelos alagamentos. Nesta ação conjunta com os Bombeiros e a Assistência Social, levamos suporte aos necessitados. Atendemos a 10 chamados de muros que corriam risco de desabar. Além disso, fizemos a verificação da situação das residências e orientação às famílias que estavam em áreas de risco”, disse Simone.

 

Para o major do Corpo de Bombeiros, Rodrigo Schoemberger, a ação conjunta possibilitou que pessoas com maiores dificuldades, principalmente de locomoção, fossem atendidas em um curto espaço de tempo. “Com o alagamento, houve queda e risco de queda de muros. Nossas equipes trabalharam para sanar este problema. Outra ação que fizemos, foi a retirada pontual de pessoas com dificuldades de locomoção, como cadeirantes e idosos dos locais de risco e que já estavam alagados. Muitas foram as chamadas que recebemos e conseguimos dar conta do trabalho”, contou o major.

 

A capitã do Corpo de Bombeiros Karen Pedrosa, estava de plantão na noite da tempestade e ressaltou a importância da união em momentos de catástrofe. Segundo contou, em poucos minutos, a corporação recebeu mais de duzentas chamadas telefônicas reportando os alagamentos, queda de muros e danos em telhados por causa do granizo. Conforme a militar, em momentos assim, é necessário contar com a colaboração das equipes de campo, para que as tarefas sejam desempenhadas com agilidade e qualidade.

 

AÇÃO

 

Estiveram envolvidos nas ações, as Secretarias de Assistência e Desenvolvimento Social, Obras, Administração, Comunicação, Educação, Trânsito e Transporte, Finanças, Meio Ambiente, Políticas Públicas para Mulheres, Saúde, entre outros órgãos do município. Além das equipes dos Bombeiros, Defesa Civil Municipal e SURG.

 

MAPEAMENTO DE ATENDIMENTOS  

 

 

Legenda:
❎ Atendimento SEMADS;
📍 Atendimento Obras e SURG.