Notícias

Câmeras do projeto Cidade Monitorada começam a ser instaladas em diversos pontos de Guarapuava 

29/08/2022

Inovação na segurança pública é o foco do projeto municipal Cidade Monitorada, que traz mais conforto e tranquilidade para a população no âmbito da segurança. A primeira etapa do projeto, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal, por meio do programa Espia, Polícia Militar e Polícia Civil, iniciou nesta semana e contemplará a instalação de cento e vinte câmeras em pontos estratégicos da cidade, como em entradas e saídas do município, regiões com grande fluxo de pessoas e veículos, além de pontos de conflito e nas imediações de escolas e universidades.

 

“Estamos iniciando a instalação de cento e vinte câmeras espalhadas por todas as regiões de Guarapuava, para que com isso a nossa população se sinta mais segura. Esse projeto faz parte da nossa muralha digital, onde serão instaladas câmeras com inteligência artificial em vários pontos de escolas, universidades, lugares de zonas de conflito do trânsito e em todas as entradas e saídas de Guarapuava. Estamos novamente inovando com tecnologia para maior segurança de todos nós guarapuavanos”, destaca o prefeito de Guarapuava, Celso Góes. 

 

Com alguns tipos câmeras de monitoramento, entre elas as Câmeras Speed Dome, que são modelos que possuem zoom óptico, se movimentam por 360º e podem ser controladas de forma remota, por meio de uma central de videomonitoramento ou um vigia. Esse modelo será utilizado em praças, parques e pontos estratégicos, priorizando uma captação focada em detalhes e também em modo noturno, capturando imagens com mais qualidade. O projeto também pretende, em conjunto com as forças de segurança, instalar equipamentos com o recurso LPR (do inglês “License Plate Recognition”, ou Reconhecimento de Placas de Veículos). 

 

“Vão ser cento e vinte câmeras espalhadas por toda cidade. O intuito do projeto é fazer o cercamento, a muralha digital de Guarapuava, criando assim um ambiente de maior tranquilidade para a população. São diversos modelos de câmeras que trazem desde imagens 360° até modelos com zoom de um quilômetro e meio. Então, é um investimento na segurança pública e patrimonial do município para trazer mais qualidade de vida para os guarapuavanos”, destaca o secretário de Planejamento e Urbanismo, Paulo Dirceu Rosa de Souza. 

 

Murilo José, da empresa Ilumina Guarapuava, responsável pela instalação das câmeras, explica que o município, a partir do projeto, passa a contar com câmeras modernas e uma tecnologia de ponta para monitorar a cidade, contribuindo com o desenvolvimento da segurança pública e a qualidade de vida da população.   

 

“Essas câmeras vão fazer o monitoramento em todas as áreas apontadas pela prefeitura. Neste primeiro momento, foram instaladas as câmeras com alcance de trinta metros. No projeto, contém a instalação de cinquenta e oito equipamentos desse modelo, as chamadas câmeras básicas, que não são motorizadas. Elas apontam num único foco e geram imagens de qualidade. Ainda vamos ter modelos com recursos que podem gerar imagens de um indivíduo e o sistema vai poder reconhecer e emitir um alerta do ponto X que ele se encontra dentro da cidade”, destacou. 

 

Os primeiros equipamentos instalados estão em seis pontos, um deles próximo da PR-170, entre as Ruas Padre Réus e Altacir Ciro Gubert. Outra câmera foi instalada na Rua Turíbio Gomes, no bairro Vila Bela. Houve também a instalação no trecho da Avenida Prefeito Moacir Júlio Silvestri, no entroncamento com a Rua Gerânios, no Bairro Batel. 

 

Ainda, receberam a instalação dos equipamentos, as Ruas Elías Zacalusny com a Rua Paraná, no Bairro Conradinho, a Avenida Castelo Branco com a Rua Epitácio Pessoa, no Bairro Alto da XV. Já no Bairro Santana, a  Rua Deputado Lauro Sodré Lopes, próximo ao Colégio Estadual Mahatma Gandhi, passa a contar com equipamentos de monitoramento.