Notícias

Alunos do colégio Integração recebem as orientações com o projeto Samuzinho

04/04/2016

Depois de orientar professores da Escola Integração, o projeto Samuzinho orientou os alunos da escola nesta segunda-feira (04). Com o objetivo de promover um melhor atendimento do Samu à população, profissionais do órgão estão realizando palestras em escolas, ensinando os alunos os primeiros socorros e como deve ser feita uma ligação para o Samu. “Queremos que essas crianças entendam a importância de pedir socorro ao Samu, por isso estamos realizando essas palestras agora também nas escolas particulares do município. Antes essas orientações eram feitas apenas para escolas municipais, mas sentimos a necessidade de passar para as redes privadas também. A Prefeitura de Guarapuava nos deu apoio para que as crianças usem essa palestra educativa no seu dia-a-dia e repassem as informações adiante. Apesar dos alunos terem pouca idade, é necessário que tenham esse conhecimento“, explica o coordenador do projeto, Marcos Aurélio.

A tarde dos alunos foi tomada por informações sobre os primeiros socorros, além de instruções de como isolar e proteger o local do acidente, comentar o estado físico da vítima e suas funções vitais. “Eu achei bem interessante a gente aprender isso, eu não sabia como falar com o Samu, agora eu sei e posso contar para meus pais. Aprendi também que temos que ligar para a Samu só para coisas importantes e que passar trote é errado”, explicou o aluno do 5º ano, Caio Ferreira.

O projeto Samuzinho é voltado para alunos das escolas públicas e privadas de Guarapuava e está dividido em duas etapas. Na primeira etapa, a equipe do Samu vai até as escolas e realiza uma palestra com os alunos, apresentando vídeos educativos e mostrando quais primeiros socorros podem ser feitos no local do acidente. Em um segundo momento, os alunos vão até a sede do Samu. Após as duas etapas serem concluídas, a Secretaria de Saúde, em parceria com a Secretaria de Educação realiza uma formatura para entregar aos alunos um certificado dos “Amigos do Samu”.