Prefeitura Municipal de Guarapuava
Semeando Saberes: Moradores do Paiol de Telhas aprendem como cultivar uma Horta Mandala
1

“Temos muitas pessoas interessadas em trabalhar na terra e com essas práticas a comunidade se torna mais sustentável. A horta mandala vai beneficiar todos os moradores”. Foi assim que Vanessa de Lima, monitora ambiental, formada pelo Projeto Semeando Saberes, definiu a atividade que reuniu os moradores do assentamento quilombola Paiol de Telha, em Guarapuava, nesta segunda-feira (24/04).

Como parte das atividades do Projeto, os agentes ambientes repassaram conhecimento aos moradores ao ensiná-los como desenvolver uma prática de produção sustentável em uma horta mandala.

De acordo com a bióloga da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Selba Peres Lopes, a oficina é uma oportunidade para ensinar os moradores a trabalhar com um manejo orgânico. “Apesar de estarmos implantando a horta em uma única propriedade, ela vai servir de exemplo para todos os moradores que terão livre acesso ao local e poderão cultivá-la em suas propriedades também”, explica.

A Horta Mandala é uma horta circular, orgânica e de fácil manejo. Para Matheus Djankaw Marx, morador do Paiol desde a sua fundação há 19 anos, a implantação beneficia a comunidade em uma difícil missão que é a produção de alimentos saudáveis. “Já tentamos montar hortas outras vezes com a comunidade, mas não tínhamos o suporte necessário. Agora temos o apoio do Semeando  Saberes e maior conhecimento de como lidar com sementes e cultivo, além do mais estamos aprendendo como usar a terra de maneira mais ecológica e de forma menos impactante, com o mínimo de gastos possíveis”, comenta o jovem ao explicar como funcionará a produção na Horta Mandala. “Vai ter o galinheiro no meio. As galinhas saem do galinheiro e reviram a terra ao redor e já adubam o solo. Além da ajuda ao solo, vão fornecer carne e ovos para nós. Tudo isso de forma ecologicamente correta, sem prejudicar a natureza”.

No Paiol de Telhas o Semeando Saberes também desenvolve outros projetos, como a proteção de nascente e a construção da fossa ecológica. De acordo com bióloga Selba, ainda existe a previsão de implantação de Hortas Mandala no Guairacá, na Vila Rural Maria das Dores e no assentamento Nova Geração.

Semeando Saberes

O projeto Semeando Saberes é uma iniciativa da Prefeitura de Guarapuava, em parceria com o Fundo Nacional de Meio Ambiente para promover a formação de agentes populares de educação ambiental na agricultura familiar, por meio da adoção de práticas de produção sustentável e tecnologias sociais. “Com o Semeando Saberes estamos incentivando as comunidades rurais  para que haja sucessão familiar no campo, geração de renda para que o produtor possa se sustentar e responsabilidade ambiental, ou seja, a produção precisa ser sustentável sem danos ao meio ambiente, além do cunho social, que é a integração de toda a comunidade na produção dos alimentos”, explica a bióloga da Secretaria de Meio Ambiente, Selba Peres Lopes.

Publicado em 25/04/2017



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet