Prefeitura Municipal de Guarapuava
Secretaria de Saúde e voluntários realizaram mutirão de combate a dengue
IMG_4962

Neste sábado (9), o combate ao mosquito aedes aegypti, responsável pela transmissão da dengue, zika vírus e chikungunya começou cedo na Vila Carli. A ação da Secretaria de Saúde, que tem por objetivo erradicar possíveis focos do mosquito em Guarapuava, contou com colaboração do grupo Escoteiro Liane Marta da Costa, Vigilância Sanitária e da Defesa Civil. Além de orientações e distribuição de material educativo, os agentes e voluntários realizaram vistorias nas residências.

Em 2015 a Vila Carli teve o maior número de focos do mosquito. De acordo com a responsável de campo, Sabina Curi, outras localidades também merecem atenção especial e serão vistoriadas em breve. “Além da Vila Carli, houve registros do aedes aegypti no Bonsucesso, Xarquinho, Conradinho, Bairro dos Estados e Primavera. As ações se fazem necessárias para acabarmos de vez com o problema em Guarapuava, por isso a colaboração da comunidade se faz essencial”, destaca.

A dona de casa Maria Emilia Lopes é moradora da Vila Carli há mais de 20 anos. Embora mantenha a limpeza do quintal em dia, entende que se todos fizerem a lição de casa, não será preciso remediar. “Nos últimos meses choveu quase todos os dias na cidade. Se não houver atenção, é fácil deixar água parada”, descreve Maria, lembrando ainda a importância de receber os agentes. “As vistorias são para o bem de todos e este mutirão ressalta o comprometimento com a população. É importante cooperar”, conclui.

Orientações para a população

Depois da picada do mosquito com o vírus, os sintomas se manifestam normalmente do terceiro dia até a terceira semana. Febre muito alta, náuseas, dor de cabeça forte e dor no fundo dos olhos e nas juntas são os sinais mais comuns. De acordo com Sabina Curi, após os primeiros sintomas é importante procurar ajuda para melhorar as chances de cura. “Muitos se medicam e esperam que os sintomas desapareçam. O ideal é não esperar”, afirma.

Mas, antes que seja preciso recorrer, há alternativa uma: prevenir. Por isso, a melhor forma de evitar a dengue, o zika vírus e a chikungunya, é combater os focos de acúmulo de água.

 



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet