Prefeitura Municipal de Guarapuava
Secretaria de Finanças de Guarapuava lança Nota Fiscal de Serviço Eletrônica
IMG_5112

Agora os contribuintes de Guarapuava não precisam mais se preocupar em emitir centenas de notas fiscais manuais ou formulários contínuos. Nesta quinta-feira (05), a Secretaria de Finanças lançou a Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e), que está disponível para acesso e credenciamento no site da Prefeitura de Guarapuava. A nota contempla pessoas jurídicas, sendo que a adesão facultativa começou no último dia 1º. Já a obrigatoriedade será a partir de fevereiro de 2016. Além de simplificar a emissão do documento fiscal, o serviço reduz a burocracia e amplia a arrecadação municipal.

O prefeito Cesar Silvestri Filho destacou que o equilíbrio fiscal é um dos benefícios da implantação da Nota Fiscal Eletrônica, pois ajudará o município a manter os investimentos nas diversas áreas e ampliá-los. “Esse serviço é mais uma ação eficiente e concreta dessa gestão visando à modernização do sistema e que beneficiará toda a população”, reforça o prefeito, lembrando que a Prefeitura de Guarapuava também regulamentou a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa e implantou a Agência do Empreendedor. A vice-prefeita e secretária de Políticas para as Mulheres, Eva Schran, que também é diretora regional do Sescap-PR, disse que esta é uma grande conquista para a classe empresarial e contável. “Aguardávamos esse momento, mas antes não havia nem diálogo. Agora temos uma cidade que planeja e se torna cada dia mais moderna”, avalia. Também participaram do evento secretários municipais, vereadores, empresários, representantes de entidades de classe e da Governança Brasil Tecnologia e Gestão em Serviços.

Para efetuar o credenciamento e utilizar o sistema de emissão da nota, o contribuinte deve preencher, no site da Prefeitura em NFS-e, os links formulário de solicitação e ambiente de produção. Além dos campos para cadastro, a página traz manuais de integração, com especificações sobre a implantação e utilização da nota. “As bases para desenvolver este modelo foram definidos em diversas reuniões com representantes das áreas de Tecnologia da Informação [TI]. Assim, por meio de projeto piloto, o sistema foi apresentado e testado com antecedência. Esse método foi adotado em diversos municípios e comprovadamente aumentou a receita nesses locais”, explica o secretário de Finanças, Anderson Neitzke, salientando a confiabilidade do serviço, ressalta. “Os contribuintes têm três meses para se adequar, por isso ressaltamos a importância da adesão prévia, uma vez que, quando a lei entrar em vigor, as empresas estarão preparadas”, conclui.



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet