Prefeitura Municipal de Guarapuava
Secretaria de Educação de Guarapuava reconhece o trabalho dos professores municipais com o prêmio Professora Evelin Siqueira
premio evelin (23)

O prefeito Cesar Silvestri Filho, a secretária de Educação e Cultura, Doraci Senger Luy, entregaram, nesta quinta-feira (17), no Pahy Centro de Eventos, o prêmio Professora Evelin Siqueira, que faz uma homenagem a história de vida da renomada e dedicada professora Evelin Deflon Siqueira, que dedicou grande parte de sua vida ao ensino em Guarapuava. “É uma honra ser escolhida para ceder meu nome à este prêmio, que tem sua grandiosidade por ser justamente um incentivo e à prática docente. É inédito em Guarapuava o reconhecimento dos trabalhos dos educadores”, destaca Evelin.

Durante o evento, foi feito o lançamento da Revista Evelin Siqueira, da Secretaria de Educação de Guarapuava, que abordou, nesta primeira edição, os trabalhos inscritos em 2014 para o prêmio. “Estas boas práticas desenvolvidas nas escolas de nossa cidade, agora passarão a fazer parte do acervo histórico de ensino em Guarapuava”, enalteceu o prefeito destacando ainda que a cada visita realizada pela atual gestão municipal às unidades básicas de ensino do município, o sentimento de orgulho e satisfação aumentava por ver que as crianças guarapuavanas estão sendo muito bem ensinadas. “Fico extremamente feliz em encontrar em nossas escolas o comprometimento e entusiasmo das educadoras, que não medem esforços para dar o melhor de si. Nesta noite, estamos, mais uma vez, comprovando esse otimismo que só traz benefícios na formação de nossos futuros cidadãos guarapuavanos”, enfatiza.

Neste ano, 25 trabalhos foram inscritos das escolas municipais e 8 dos CMEIs (Centros Municipais de Educação Infantil) de Guarapuava, que foram julgados por uma comissão avaliadora de professores da Faculdade Guiaracá. “Este é um dos primeiros passos, para que possamos escrever a história das excelentes ações e práticas pedagógicas realizadas nas salas de aula das unidades de ensino municipais”, explica.

A professora Terezinha Adriana Custódio, da Escola Municipal Dom Bosco, que ficou em 2° lugar na categoria ensino fundamental, levantou a importância da inclusão de alunos com necessidades específicas no contexto escolar.  “Vamos juntos continuar acolhendo estes alunos com necessidades específicas, pois eles tem todo o potencial e criatividade ao serem incitados”, aponta.

Já a primeira colocada na categoria ensino fundamental, a professora Eliane Terezinha Grube dos Santos, que trabalha na Escola Municipal do Campo Domingos de Morais, no Banhados, conta que seu projeto de trabalho surgiu nas idas e vindas dos 50 quilômetros diários que faz para ensinar os 34 alunos de uma turma multisseriada. “Tive a ideia de conversar com a comunidade e me aproximar deles. Para isso, passei noites nas casas dos alunos. Acabei entendendo muito mais do contexto familiar, o que motivou para trazer a comunidade para dentro da escola, participando ativamente das atividades, que contribuirão para um melhor desenvolvimento dos próprios alunos. Ao final fizemos uma horta”, conclui, emocionada, a educadora. 

O evento também contou com a participação especial do Coral Municipal de crianças e adolescentes da rede municipal de ensino, que fizeram uma belíssima apresentação, lembrando à todos os presentes sobre a importância do tempo natalino.

Os primeiros lugares de cada categoria receberam um notebook, os segundos lugares, um smartphone, e os terceiros um tablet.

Classificação geral do prêmio Professora Evelin Siqueira 2015

Ensino Fundamental

1° lugar – Escola Municipal do Campo Domingos de Morais (multisseriada) – professora Eliane Terezinha Grube dos Santos com o trabalho “Escola, família e comunidade: parceria que dá certo”

2° lugar – Escola Municipal Dom Bosco – professora Terezinha Adriana Custódio, com o trabalho “Todos pela educação especial: alunos acolhedores, professores inclusivos e, mais fuxicando sobre os sonhos”

3° lugar – Escola Municipal do Campo General Eurico Dutra – professora Carla Aparecida Fernandes, com o trabalho “O despertar da cultura afro brasileira já começou”

Educação Infantil

1° lugar – CMEI Boqueirão – professora Jaqueline Aparecida Loboda, com o trabalho “Vivendo e aprendendo com o Lucas”

2° lugar – CMEI Acyr Loures de Pacheco – professora Alícia Ramos da Silva Pivisan, com o trabalho “Vendo e fazendo arte”           

3° lugar – CMEI Alegria do Saber – extensão Vitória – professora  Márcia da Aparecida Fostim, com o trabalho “Os bezerros quem são?”



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet