Prefeitura Municipal de Guarapuava
Programa Melhor em Casa proporciona assistência médica no conforto do lar e reduz filas dos hospitais
melhor em casa (28)

Levar atendimento de qualidade e humanizado aos pacientes, reduzir o tempo de internamento e desafogar os leitos dos hospitais são alguns dos objetivos de uma boa gestão em saúde. Guarapuava é exemplo neste cenário. O programa Melhor em Casa, implantado pela Prefeitura Municipal, com o apoio do Ministério da Saúde, nasceu com o objetivo de levar atendimento especializado para a residência dos guarapuavanos. “O atendimento qualificado, com segurança e perto das famílias, é inovador e eficiente. Além de tantos benefícios, ajuda a reduzir as filas nos hospitais, uma vez que a assistência alivia o número de internamentos nos leitos médicos e abre vagas para que outros pacientes sejam atendidos”, afirma o prefeito Cesar Silvestri Filho.

O Melhor em Casa atende pessoas com necessidade de reabilitação motora, idosos, pacientes crônicos sem agravamento ou em situação pós-cirúrgica. Os atendimentos são realizados por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, assistentes sociais, fonoaudiólogas, nutricionistas e psicólogos. Os profissionais atuam de segunda a segunda, 12 horas por dia, inclusive nos feriados. Atualmente, 40 pacientes estão em tratamento. Ao longo de um ano de programa, outros 350 já foram beneficiados. De acordo com o enfermeiro responsável pelo Melhor em Casa, Evandro de Borda, a equipe trabalha motivada e em sintonia. “Somos movidos pela vitamina A de amor, alegria, atenção e amizade”, enfatiza.

O aposentado Alvelino Zamberlan, 69 anos, sofre de fibromialgia. Ele ficou dois meses no hospital e mais 23 dias na UTI devido a efeitos colaterais da troca dos medicamentos sem orientação médica. Quando voltou para casa, recebeu o atendimento do programa e a recuperação foi completa. “Tomo café, como de tudo, pude voltar a tocar a minha gaita, vou à missa. Nasci de novo e devo isso, também, a equipe do Melhor em Casa”, descreve Alvelino, durante um café da tarde onde recebeu a psicóloga, o enfermeiro e a fisioterapeuta do programa. Para ele, são mais que profissionais, são seus novos amigos.

Além do atendimento disponibilizado pela equipe, o cuidador – familiar responsável pelo paciente – recebe orientações e acompanhamento psicológico, como no caso da massagista Amélia Rodrigues de Freitas, 57 anos. Ela cuida da mãe, Angelina Maria, 77 anos, que se recupera de uma úlcera na perna. “O tratamento alivia as dores da minha mãe e as orientações da psicóloga dão ainda mais forças para cuidar dela. Além disso, estamos em casa, assim posso continuar trabalhando. O projeto é uma benção”, conta.

Os pacientes do Melhor em Casa chegam ao programa através de encaminhamento e ficam internadas em domicílio até receberem alta médica, que varia para cada caso. Todos recebem medicação e tratamento necessários. A sede do programa fica na rua Benjamin Constant, n° 16, Centro. Mais informações pelo telefone (42) 3622-1368.



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet