Notícias

Programa Família Acolhedora abre cadastro para novas famílias

10/09/2019

Oferecer afeto, carinho e convívio familiar às crianças. Esses são alguns dos objetivos do Serviço Família Acolhedora, lançado em 2007 em Guarapuava e que, atualmente, conta com a participação de 20 famílias, que acolhem 36 crianças em seus lares. Agora, um novo período de cadastramento está aberto. Famílias interessadas em receber em suas casas, crianças, adolescentes ou grupos de irmãos em situações de risco, podem se inscrever até 09 de outubro. O período máximo de permanência das crianças com a família acolhida é de dois anos. “O Serviço Família Acolhedora é uma modalidade de acolhimento que oportuniza crianças e adolescentes que estão em medida protetiva, a terem convivência familiar a qual possibilita a construção de laços afetivos e amplia as redes de relações que importantes ao ser humano”, afirmou a coordenadora e assistente social do serviço, Regiane Cristina Lopes de Moraes.

Para participar, não há restrições ao sexo, estado civil e formas de composição familiar. São pré-requisitos, ter no mínimo 21 anos, não estar inscrito no Cadastro Nacional de Adoção, residir no mínimo há um ano em Guarapuava, ter comprovante de renda, não ter antecedentes criminais, participar do processo de habilitação através das capacitações  e parecer psicossocial favorável, o qual é expedido pela equipe do serviço Família Acolhedora. Após isto toda documentação é encaminhada para poder judiciário.

As inscrições podem ser feitas das 8h às 12h e 13h  às 17h, na nova sede do Programa, que fica na Presidente Getúlio Vargas, 2077, no Centro da cidade. Mais informações pelo telefone (42) 3623-7915. O serviço é resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Guarapuava, Ministério Público e Poder Judiciário.

Publicado em: 10/09/2019