Prefeitura Municipal de Guarapuava
Profissionais de Unidades Básicas de Saúde participam de capacitação sobre aleitamento materno em Guarapuava
capacitacao (5)

Coordenadora do Proama (Programa de Aleitamento Materno) em Curitiba, a pediatra Claudete Closs afirma que ainda existe falta conhecimento por parte da população sobre os reais benefícios e vantagens da amamentação. “O aleitamento materno garante ao bebê o melhor desenvolvimento dos ossos, dos músculos faciais, da respiração e do desenvolvimento da fala. Evita infecções, alergias e previne problemas na dentição, como as cáries”, enumerou a médica, durante a capacitação para profissionais de cinco UBS (Unidades Básicas de Saúde) de Guarapuava. A instrução teve inicio na manhã desta terça-feira (18), na Faculdade Campo Real, com o objetivo de garantir o certificado de Unidade Amiga da Amamentação.

De acordo com a médica, a capacitação visa fortalecer as ações já desenvolvidas no município em relação à amamentação. “Estamos capacitando os profissionais para que eles incentivem e fortaleçam o apoio ao aleitamento materno e a alimentação complementar saudável”, destaca. Para a integrante do Comitê de Aleitamento Materno de Guarapuava, enfermeira Maria Helena Fontoura, a capacitação com toda a equipe da unidade é fundamental. “Devemos falar todos a mesma língua, desde a funcionária da limpeza até o médico, porque temos contato com toda a comunidade. Estimular a amamentação é um dever de todos nós profissionais”, avalia. O encontro, que vai até a quinta-feira (20), reúne equipes das UBS Colibri, Concórdia, Residencial 2000, Recanto Feliz e Xarquinho.

Mãe de três filhos, a agente comunitária de saúde da UBS Xarquinho, Lucia Belo Ferreira, diz que promover o aleitamento materno é garantir benefícios para todos da família. “Não me canso de explicar para as mães sobre as vitaminas, minerais, gorduras, açúcares e proteínas que o leite materno possui. Esses elementos são essenciais para o organismo do bebê”, salienta. A colega de trabalho de Lucia, Solange Aparecida de Oliveira, tem uma motivação a mais para falar do aleitamento materno. “Tenho um filho de sete meses, amamento somente no peito e levo essa experiência para as demais mamães”, ressalta. O médico Jorge Luis Borrero Lopes destaca que o leite materno é um alimento insubstituível nos primeiros meses de vida. “Ele evita doenças crônicas e garante mais desenvolvimento, pois possui muitas substâncias nutritivas e de defesa que não se encontram no leite de vaca e em nenhum outro leite”, reforça o clínico geral da UBS Concórdia.



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet