Prefeitura Municipal de Guarapuava
Prefeitura trabalha em vários pontos de Guarapuava para controlar estragos causados pela chuva
chuvas 0806 (4)

A chuva persiste em Guarapuava e região desde a última quinta-feira (05). Segundo dados do Simepar, até a tarde deste domingo (08), Guarapuava registrou o acumulado de 414mm em oito dias. A média prevista para junho todo era de 163mm. Por causa do número de desabrigados e dos danos à infraestrutura da cidade, como vias de acesso e o desabastecimento de água tratada a toda a população, o prefeito Cesar Silvestri Filho decretou Estado de Emergência. Desde as primeiras horas do sábado (06), o prefeito tem acompanhando os trabalhos das equipes em vários pontos da cidade. “Precisamos estar junto aos guarapuavanos em um momento tão difícil. Estamos trabalhando em conjunto com o Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, exército, entidades e voluntários em ações coordenadas. Guarapuava está unida para superar esse momento”, afirma o prefeito.

As equipes do plantão das secretarias de Assistência Social e Saúde também informam que as pessoas que precisarem de ajuda devem entrar em contato com a Secretaria pelo telefone (42) 3623-7995 ou no Corpo de Bombeiros, pelo 193.

A população tem atendido aos apelos de ajuda prontamente. Entidades e mesmo as próprias pessoas tem se mobilizado para reunir doações ou atuar como voluntários. No momento, o lugar central para doações é a Paróquia Santana, sendo que as principais demandas são água potável, material de limpeza, fraldas e lenços umedecidos.

Falta de água em Guarapuava

Desde a meia noite, os guarapuavanos estão desabastecidos de água tratada. De acordo com a Sanepar, o Rio das Pedras, manancial que abastece Guarapuava, subiu acima do nível de captação. É necessário que a água da bacia baixe para que os técnicos possam fazer a limpeza e retomar o tratamento de água na estação. Por isso, o diretor da Sanepar em Guarapuava, João Edson de Lima, alerta que ainda não há previsão de quando isso será possível. “As pessoas devem usar água apenas para beber e para alimentação. É preciso economizar”. A dica é recolher a água da chuva e usar para limpeza e banheiro.

Abrigos atendem desalojados

De acordo com levantamento prévio realizado pela Prefeitura, são 250 moradias afetadas e 344 pessoas em abrigos provisórios como escolas, comunidades religiosas e albergues. Outras 500 se encontram na casa de parentes e amigos. Até o momento, as equipes do plantão da Secretaria de Assistência Social e Defesa Civil atenderam famílias nos bairros São Vicente, Vila Carli, Vila Karen, Industrial, Xarquinho, Jardim das Américas, Vila Bela, Primavera, Bairro dos Estados, Paz e Bem, Concórdia, além da área rural na Vila Jordão.

Secretaria de Obras e SURG fazem atendimento emergencial

Várias pontes e estradas estão totalmente ou parcialmente danificadas, na área urbana e rural, entre elas a ponte do Parque do Jordão, que teve uma das cabeceiras levada pela força da correnteza. A BR 277 se encontra parcialmente interditada, tanto no sentido para Curitiba quanto para Foz do Iguaçu. A PR 170, que liga Guarapuava a Pinhão, está totalmente interditada. Ruas em diversos pontos da cidade ainda estão alagadas.

Além dos atendimentos da Secretaria de Assistência Social e da Saúde, a Secretaria de Obras também está trabalhando, de forma emergencial, em diversos bairros de Guarapuava para desobstruir galerias e fazer a limpeza dos córregos. “Estamos com as máquinas fazendo todo o trabalho emergencial desobstruindo as galerias pluviais e fazendo a limpeza de córregos para que a água da chuva possa escoar com mais facilidade”, informa o presidente da SURG, Fernando Damiani.

Medicamentos devem ser retirados na Urgência 24h do Trianon

Os atendimentos das equipes da Secretaria de Saúde seguem junto com o Corpo de Bombeiros e Assistência Social para garantir a saúde da população que está em situação de risco. “É importante que as pessoas não entrem na água, que pode estar contaminada e se mantenham aquecidas”, explica a técnica da Secretaria de Saúde, Eliane de Carli que também lembra sobre a importância do uso de medicamentos de uso contínuo. “Muitas pessoas que precisam de insulina ou outros remédios de uso contínuo perderam seus medicamentos na água, por isso é importante pedirem novos medicamentos, na Urgência 24h do Trianon para darem continuidade ao uso”.

Secretaria de Saúde alerta sobre consumo de água

De acordo com os profissionais da Secretaria de Saúde é preciso ter muito cuidado com a água para o consumo. “Enquanto não for liberado o consumo de água da rede pública, as pessoas devem consumir apenas água engarrafada ou fervida. É importante lembrar que a água de bica ou de poços artesianos deve ser fervida antes de ser consumida”, explica a técnica Eliane de Carli.

Aulas na rede municipal e estadual de ensino estão suspensas

A Secretaria de Educação e Cultura informa que as atividades nas escolas e creches do município estão suspensas. Segundo o Núcleo Regional de Ensino, a medida é a mesma para todos os colégios estaduais.  Além dos problemas causados pelas chuvas, em especial a falta de água, a ação se justifica por algumas escolas estarem servindo como abrigos ou pontos de referência para atendimentos. Quatro unidades escolares foram danificadas: As escolas municipais Dionisio Kloster Sampaio (Jardim das Américas), Elcídia de Santa Maria Pereira (Maria das Dores), Pedro Itararé (Colibri) e o Cmei Boqueirão.

Funcionamento nos Postos de Saúde

Confira abaixo o atendimento nos Postos de Saúde em Guarapuava:

 

UBS Paz e Bem – Atendimento normal

UBS Jardim das Américas – Não abre – Atendimento na UBS do Colibri

UBS Vila Bela – Não abre – Atendimento na UBS Vila Carli

UBS Vila Colibri – Atendimento normal

UBS Vila Carli – Atendimento normal

UBS Morro Alto – Não abre – Atendimento na UBS Araucária

UBS Adão Kaminski – Atendimento normal

UBS Residencial 2000 – Não abre – Atendimento na Igreja

UBS São Miguel – Atendimento normal

UBS Santana – Atendimento normal

UBS Rio das Pedras – Não abre – Atendimento na UBS Guará

UBS Guará – Atendimento normal             

UBS Jardim das Araucárias – Atendimento normal

UBS Concórdia – Não abre – Atendimento na UPA Batel

UBS Campo Velho – Não abre – Atendimento na UBS Boqueirão

UBS Boqueirão – Atendimento normal

UBS Planalto – Atendimento normal

UBS Santa Cruz – Atendimento normal

UBS Tancredo Neves – Atendimento normal

UBS Jordão – Não abre – Atendimento na UBS Santa Cruz

UBS Palmeirinha – Atendimento normal

UBS Pinheiros – Atendimento normal

UBS Dourados – Atendimento normal

UBS Primavera – Atendimento normal

UBS Feroz – Atendimento normal

UBS Bonsucesso – Não abre – Atendimento na UBS Recanto ou São Cristóvão

UBS Parque das Árvores – Atendimento normal

UBS São Cristovão – Atendimento normal

UBS Recanto Feliz – Atendimento normal

UBS Guairacá – Não abre – Atendimento na Urgência 24h do Trianon ou UPA Batel



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet