Prefeitura Municipal de Guarapuava
Prefeitura oferece curso gratuito de corte e costura industrial
curso corte costura (4)

Modelar, cortar e costurar são algumas das técnicas que os alunos aprendem no curso de corte e costura industrial, que tem a coordenação da Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo. Em 90 dias, o aluno aprende todos os processos e recebe a certificação para costurar camisetas, camisas, bermudas, calças jeans, entre outras peças de vestuário. “Incentivar e capacitar pessoas, através de programas e cursos, é um dos objetivos da secretaria. Essa é mais uma oportunidade que o guarapuavano tem para inovar e se capacitar para o mercado de trabalho”, destaca o secretário da pasta, Sandro Abdanur.

Com a parceria da Secretaria de Assistência Social, o curso está em seu segundo bloco de duas turmas, cada uma com 12 vagas. “Cerca de 90% dos alunos nunca teve contato com a costura. Durante todo o período, eles aprendem desde o desenho da modelagem no papel até a costura no retalho e posteriormente a peça totalmente modelada e pronta para vestir. Pessoas que se formaram nas turmas anteriores já montaram seu ateliê e estão tendo uma renda extra no fim do mês com os trabalhos de costura”, explica o professor Idilson Kretchmer.

Ana Maria de Souza, 58 anos, trabalhava como costureira em casa. No curso, ela viu a oportunidade de ampliar seu negócio com as novas técnicas. “Uma amiga minha ficou sabendo do curso e me convidou, pois ela sabia que eu gostava de costurar. Estou aprendendo técnicas novas, principalmente as aplicadas no jeans. Produzi algumas peças e adorei o resultado. Acredito que depois dessa capacitação minha clientela vai  aumentar”, conta a moradora do bairro Santana. O único homem da turma aproveita para aprender principalmente como fazer as manutenções básicas nas máquinas, seja trocando uma agulha ou colocando um fio no carretel. “Estou fazendo o curso junto com a minha esposa. Ela tem mais habilidade para cortar e costurar e eu gosto mais de fazer as pequenas trocas de agulhas e fios”, diz o professor aposentado Zemir Prigol, 59 anos, que reside no bairro Santa Cruz.

Os materiais usados nas aulas são 50% custeados pela Prefeitura de Guarapuava e a outra metade fica a critério do aluno. As malharias também doam retalhos. Todas as peças produzidas durante o período ficam com os alunos. O curso é gratuito. 



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet