Prefeitura Municipal de Guarapuava
Plano Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres é lançado em Guarapuava
plano mulheres (34)

Nesta quinta-feira (05), a Secretaria de Políticas para as Mulheres de Guarapuava e o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher lançaram o Plano Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (PMPPM). O Plano foi instituído pela Lei Nº 2597/2016 que definiu diretrizes, prioridades e ações a serem desenvolvidas pelos órgãos do Poder Executivo da cidade em defesa dos direitos das mulheres. “Esse plano é um marco e uma importante conquista para as guarapuavanas. A sua efetividade é um excelente instrumento de planejamento para as ações da Secretaria da Mulher. Desde 2013, vem sendo elaboradas em nosso município importantes políticas públicas que proporcionam autonomia e empoderamento, isso nos enche de orgulho. Já somos referência para diversas cidades do Estado, por isso, vamos continuar comprometidos e avançar ainda mais na consolidação dos direitos das mulheres”, ressaltou o prefeito Cesar Silvestri Filho.

De acordo com a Secretária Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, Priscila Schran, a criação do PMPPM surgiu a partir da demanda apresentada na II Conferência Municipal de Políticas Públicas para as mulheres, realizada em 2015. “Os resultados da conferência foram compilados. A partir disso, nos baseamos nos planos Estadual e Nacional para elaborar o nosso próprio plano. Com ele, queremos garantir que os direitos das mulheres se tornem uma política pública e não apenas uma política de governo. Estamos muito felizes por lançar o plano, pois sabemos que ele trará muito mais benefícios e conquistas para as mulheres da nossa cidade”, afirma Priscila, enfatizando que para elaborar o documento, foi instituída uma comissão com representantes de entidades Governamentais e Não Governamentais, que elencou os principais problemas e desafios no ramo de políticas públicas para as mulheres na cidade.

Para a Deputada Estadual, Cristina Silvestri, o plano é mais um resultado positivo de um esforço conjunto que conta com o apoio do Poder Público. “Como mulher e parlamentar que representa Guarapuava, não medi esforços para colaborar com discussões e ferramentas que ajudassem no enfrentamento da violência contra a mulher. Estamos trabalhando aqui na cidade com o Projeto Piloto do Botão do Pânico, que vai auxiliar muito nossa população feminina. Vamos continuar batalhando por esse e outros projetos que junto com o Plano irão salvar muitas vidas”, disse Cristina Silvestri. “A efetivação desse Plano só foi um sucesso por conta das diversas mãos que auxiliaram no processo. Temos grandes desafios pela frente, mas com essa mesma garra venceremos todos os obstáculos, buscando sempre essa mudança que a sociedade tanto necessita. Contem sempre com o apoio do Poder Judiciário”, finalizou a Juíza de Direito da Terceira Vara Criminal de Guarapuava, Dra. Carmen Zolandeck Mondi.

O evento aconteceu no Salão Social do Gresga na manhã desta quinta-feira (05), contou com a presença do vice-prefeito e secretário de Agricultura e Turismo, Itacir Vezzaro; Da representante da Câmara de Vereadores, Maria José Mandu Ribeiro Ribas; Da Presidente do Conselho dos Direitos da Mulher de Guarapuava, Camila Grande da Silva; Da Vereadora Terezinha dos Santos; Dos Secretários e representantes de todas as secretarias municipais, universidades, movimentos, instituições governamentais e não-governamentais, empresas e sociedade civil organizada.

Postado em 04/10/2017

 



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet