Prefeitura Municipal de Guarapuava
Palestra de Leonardo Boff reúne mais de 2.200 pessoas durante abertura do EPEA
epea (3)

Na noite de terça-feira (18), Guarapuava tornou-se a capital do meio ambiente no Brasil. Aos poucos pessoas, de diversas regiões do país lotaram o Pahy Centro de Eventos para a abertura oficial do EPEA (Encontro Paranaense de Educação Ambiental), promovido pela Secretaria de Meio Ambiente e a Unicentro. “Este evento prova como a temática sobre meio ambiente tem sido levada a sério na atual gestão. Somos o único município descentralizado para licenciamento ambiental da região, além do privilégio de sermos contemplados com o Fundo do Meio Ambiente. É uma honra trazer uma discussão diversificada sobre meio ambiente para a nossa cidade”, relata o prefeito Cesar Silvestri Filho, durante a solenidade de abertura.

A conferência do teólogo Leonardo Boff, grande atração da noite, superou a estimativa dos organizadores. Cerca de 2.200 pessoas acompanharam, como a educadora Andréia Juliana. Ela e mais vinte pessoas cruzaram os mais de 1.000 km que separam Guarapuava da cidade gaúcha de Rio Grande para adquirir conhecimento com o teólogo. “O Leonardo é um dos autores da minha dissertação de mestrado em Educação Ambiental. É emocionante encontrá-lo, se pudesse levava comigo”, brinca. O professor Elias Dallabrida também utiliza os textos de Boff no curso de ciência e política que coordena em Guarapuava. “A presença do Leonardo traz luz ao evento. Hoje é preciso ter visão fragmentada do mundo e da natureza, e esta reflexão permite discussão e troca de experiências”, relata.

Sob aplausos, o teólogo discutiu fé cristã, ciência, política e gênero. “O ser humano precisa criar uma identidade, precisa aprender. Aprender com os erros, a pensar, a saber, a fazer e, principalmente, a ser”, explana o conferencista. “Precisamos aprender a conviver, em especial com as diferenças para que não tornemos a convivência desigual”, completa. Boff ainda mostrou-se preocupado com o futuro da humanidade ao salientar que dentro de três gerações podemos dizimar a espécie humana. “Nós somos os primeiros seres biológicos capazes da acabar com a vida na Terra. Inventamos a ética e a religião para domar o ser humano, mas não aprendemos a amar” conclui.

Durante a cerimônia, estiveram presentes a vice-prefeita e secretária de Políticas para as Mulheres, Eva Schran, o secretario de Meio Ambiente, Celso Araújo, a pró-reitora de Extensão e Cultura da Unicentro, Marquiana Vilas Boas, representantes do Legislativo e demais autoridades. O EPEA abrange, simultaneamente, outros quatro eventos: o II Colóquio Internacional de Educação Ambiental, III Semana de Meio Ambiente, II Simpósio de Pesquisadores Faxinais e o VI Colóquio de Pesquisadores em Educação Ambiental. A programação do evento conta com oficinas, mini-cursos e palestras. No hall do Auditório Francisco Contini, da Unicentro, onde o evento segue até quinta-feira (20), os participantes podem adquirir livros e artesanato.



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet