Prefeitura Municipal de Guarapuava
Novembro Vermelho começa com capacitação para dentistas da rede pública de Guarapuava
capacitação dentistas (2)

Profissionais e alunos da área de odontologia do município participam de uma capacitação para o atendimento ao paciente com câncer de boca. A atividade integra a programação municipal alusiva a campanha do Novembro Vermelho, resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Guarapuava e a Faculdade Guairacá. A programação conta com dois dias (31 e 01) de palestras ministradas por especialistas do Hospital Albert Einstein, de São Paulo. “A rede municipal de saúde atua em diversas frentes, e uma delas é a área odontológica. Nos últimos anos, muitas salas para atendimento odontológico foram construídas ou reformadas, para oferecer um serviço cada vez melhor à população. Com a capacitação, estamos qualificando ainda mais nossos profissionais para atender os guarapuavanos”, destacou o secretário de Saúde, Celso Góes.

Segundo a especialista do hospital paulista, Letícia Bezinelli, as palestras ocorrem em duas etapas. “A 1ª parte da capacitação é voltada para o diagnóstico precoce, porque é isso que vai impactar para que consigamos tratar adequadamente o paciente. A outra parte é voltada aos casos em que o paciente já tem o diagnóstico de câncer, porque nessa fase acontecem muitas alterações na cavidade bucal. A capacitação vai abordar, de forma completa, o tratamento odontológico desses pacientes para imunizar o risco de infecção”, explicou Letícia Bezinelli. “Nossa intenção com essa experiência é que todos que tenham o diagnóstico da doença possam ser tratados no âmbito odontológico, em qualquer uma das unidades de saúde”, enfatizou o coordenador de Saúde Bucal, Hugo Vieira de Santana.

A campanha Novembro Vermelho foi instituída pela lei estadual 19868, idealizada pela dentista e professora da Faculdade Guairacá, Ana Paula Prestes Virmond Traiano. Segundo a profissional, a ideia surgiu a partir da própria vivência com o câncer de boca e da percepção da importância do diagnóstico precoce. “Quando fui diagnosticada com a doença comecei a estudar sobre isso, buscar números sobre e me deparei com cerca de 15.500 novos casos por ano. Então percebi que se tratava de um problema público. Tive ajuda de um advogado onde buscamos um caminho para tornar essa campanha algo institucionalizado no Paraná e,  finalmente, em junho deste ano, o projeto foi sancionado e se tornou lei estadual”, contou Ana Paula.

Para os dentistas, a capacitação em conjunto com o projeto Novembro Vermelho é uma oportunidade para que os profissionais possam expandir sua compreensão acerca do tratamento odontológico do paciente. “É agregador porque amplia o nosso olhar, nos faz ver que, como profissionais de odontologia, nossa atuação vai muito além do tratamento de dentes. Precisamos estar atentos à saúde bucal como um todo”, avaliou a dentista do Centro de Especialidade Odontológicas,  Renata Araújo.

Publicado em: 01/11/2019



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet