Prefeitura Municipal de Guarapuava
Moradores e artistas de rua são retratados na exposição Eu Existo, no Centro de Artes Iracema Trinco Ribeiro
capa

Sair de casa e ir para o trabalho, faculdade ou qualquer outro compromisso, nos expõe a diversas situações no dia a dia. Uma delas é nos deparar principalmente nas ruas, com  moradores e artistas que vivem sem um teto, sem um lar. Em Guarapuava, essa realidade não é diferente, assim como em grandes cidades e capitais. Pensando em dar visibilidade a essas situações do cotidiano, a fotógrafa Raquel Sliachticas e a desenhista Jurema Opuchkevitch Carvalho, lançaram nesta terça-feira (03), no Centro de Artes Iracema Trinco Ribeiro a exposição Eu Existo, que retrata pessoas que vivem na rua ou fazem dela seu local de trabalho.

A exposição é dividia em duas partes. A primeira é composta pelas fotos feitas em Guarapuava pela fotógrafa carioca entre setembro de 2017 e janeiro deste ano. “Morei em Guarapuava por oito meses. Nesse meio tempo conheci o trabalho da Jurema e juntas resolvemos fazer esse trabalho. Ao longo desses cinco meses, fiz mais de 200 fotos pelo centro, praças e bairros. As fotos são de guarapuavanos, uruguaios e de outros estados”, explicou Raquel, enfatizando que essa exposição é um marco na carreira. “Aprendemos muito com cada pessoa fotografada, sejam pelas histórias ouvidas ou sentimentos expressados”, afirmou.

Depois de selecionar 40 fotos para a exposição, a fotógrafa disponibilizou 18 imagens para a desenhista Jurema Opuchkevitch. A guarapuavana usou a técnica do lápis de cor para desenhar os moradores e os artistas de rua. “Escolhi as fotos em que o rosto da pessoa era mais evidenciado. A partir disso, trabalhei muito em cima das expressões e dos olhares delas, o que me marcou muito, pois era ali que eu e as demais pessoas íamos sentir o que eles estavam sentindo.Cada desenho levou em média duas semanas para ficar pronto. Foi um aprendizado, tanto profissional quanto para a vida. Uma experiência única”, acrescentou Jurema.  

Duas fotos da exposição já receberam reconhecimento internacional. A associação francesa “Agir Ensemble pour les Droits de I’Homme”, reuniu fotos de 17 países que em dezembro deste ano serão expostas na Universidade Católica de Lion e depois percorrerão vários lugares da cidade francesa. A exposição Eu Existo está aberta para visitação até o dia (30), deste mês, no Centro de Artes Iracema Trinco Ribeiro, localizado na rua Marechal Floriano Peixoto, 1399.

Vale a pena conferir!

Postado em: 04/04/2018



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet