Prefeitura Municipal de Guarapuava
Guarapuava participa do Fórum Internacional de Governos Inteligentes
Fórum Internacional de Inovação ThinkinG.  -  Foz do Iguaçu, 28/06/2019  -  Foto: Jaelson Lucas/ANPr

A administração municipal de Guarapuava vem implantando modernos processos de atendimento à população como também fortalecendo a cultura da inovação entre empresários e comunidade em geral. Para ampliar a visão sobre o tema e conhecer cases de sucesso, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Sandro Abdanur, participou do ThinkinG – Fórum Internacional de Governos Inteligentes, promovido pelo Governo do Estado e coordenado pela Celepar.

O evento, que aconteceu em Foz do Iguaçu, nesta quinta e sexta-feira (27 e 28), teve palestrantes internacionais (Índia, Reino Unido, Estados Unidos, Canadá e Israel). “A experiência que vivenciamos com referências internacionais é primordial para o processo que está acontecendo em Guarapuava. Para chegar onde estão hoje, os governantes desses países resolveram mudar, planejaram, colocaram em prática, erraram e acertaram. É isso que buscamos aqui: exemplos consolidados para errarmos menos. Estamos no caminho certo”, avaliou Sandro Abdanur.

O empreendedorismo e a inovação da administração pública guarapuavana são reconhecidos no Paraná e no país. Este ano, o Município ganhou o Prêmio Prefeito Empreendedor, do Sebrae, na categoria Desburocratização e Implementação da Rede Simples. Em 2016, venceu na categoria Municípios Integrantes do G100. “Somos a segunda cidade em número de ideias no Sinapse de Inovação,  programa que busca transformar projetos em negócios de sucesso. Esse é um resultado concreto de uma mudança de perfil. Percebemos que há um ambiente focado em inovação se fortalecendo aqui e que está levando jovens, empresários e pesquisadores a pensar no ramo de tecnologia e inovação”, acrescentou o secretário.

Durante o evento, governador Carlos Massa Ratinho Junior lançou o PIÁ Social, primeiro programa de inteligência artificial do Brasil focado na prestação de serviços à população. Para o presidente da Celepar, Allan Costa, o processo de inovação passa pelos gestores e servidores. “Tornar o Paraná o estado mais inovador do Brasil não é responsabilidade de um órgão, não é possível que se tenha um protagonista, tem que ser do Estado. Temos que colocar toda a estrutura do Estado dentro dessa mentalidade de buscar inovação com objetivo de gerar benefício para o cidadão”, salientou. “A sociedade também precisa se apoderar desta ideia para que essa seja uma demanda da sociedade. A partir daí, não podemos sequer imaginar um governo que não esteja conectado a isso, porque essa é uma demanda da sociedade”, finalizou.

O presidente e cofundador da IB – Tech (Israel-Brasil), Shaul Shashoua, falou sobre os ecossistemas de startups estão fomentando o governo digital. Shaul nasceu no Rio de Janeiro e se mudou para Israel aos 17 anos. “São dois países com realidades diferentes. O Brasil pode aprender com Israel e Israel pode cooperar com o Brasil. Conectar o Estado do meu povo e o país onde nasci é meu objetivo. Com cooperação vamos avançar juntos”, declarou.

O exemplo de sucesso da Estônia foi apresentado Marten Kaevats, conselheiro digital do atual governo. Através de estudo e análise, Kaevats entende o impacto de várias tecnologias escalonáveis no comportamento espacial de indivíduos e comunidades. “Éramos um país pobre, mas líderes muito jovens, que propiciaram uma cultura inovadora, e um ambiente favorável na área técnica nos permitiram arriscar e transformar o governo, em cerca de 25 anos. Se o Paraná começar agora, o processo deve levar entre 10 e 15 anos”, prevê Marten Kaevats.

thinking (1)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Secretário Sandro Abdanur e Allan Costa, presidente da Celepar

 



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet