Prefeitura Municipal de Guarapuava
Guarapuava ganha destaque no turismo de aventura no Paraná
turismo de aventura (1)

Com uma natureza exuberante que propicia a prática de diversos esportes, Guarapuava abre caminho para o turismo de aventura, um dos que mais cresce no município, acompanhando a tendência nacional. A Secretaria de Agricultura e Turismo e interessados em desenvolver esse segmento se uniram para criar oportunidades de negócios. Equipes identificaram e preparam áreas naturais para o desenvolvimento de diversas atividades, e a secretaria realizou capacitações, como os cursos de Condutor de Turismo de Aventuras e de Prática de Canionismo e Cachoeirismo. O resultado de tudo isso foi aplicado no EcoVerão Guarapuava 2018, programação que incluiu rappel, caminhadas, trilhas, entre outras atividades.

Um dos resultados dessa organização, além da profissionalização dos interessados em atuar no turismo de aventura, é a formalização. Entre fevereiro e março deste ano, quatro pessoas se formalizaram como MEIs (Microempreendedor Individual) e estão aptos a atuar no segmento de turismo de aventura. Caetê – Vida ao Ar Livre, Logo Ali Trilhas, Mulher na Montanha e Climbrothers Aventuras Radicais já estão atendendo guarapuavanos e visitantes nas mais diversas modalidades esportivas e de lazer ao ar livre.

Para Gilson Sauruk, do Climbrothers Aventuras Radicais, a formalização no setor valoriza a atividade, assim como o respaldo da Prefeitura em todo o processo de qualificação e desenvolvimento das atividades turísticas. “Nós praticamos esportes radicais há alguns anos, mas, após a parceria da Prefeitura, ganhamos maior visibilidade”, relata Sauruk, destacando que, no ano passado, o grupo e a Secretaria de Agricultura e Turismo se uniram para dar todo suporte a um grupo de aventureiros, de São Paulo, que escolheu o Salto São Francisco para quebra do recorde latino-americano de rope jump, esporte que consiste em amarrar uma corda rígida à cintura, saltar de algum abismo e depois deixar o impacto ser absorvido por um movimento pendular. “Foram 196 metros de salto e pura adrenalina”, acrescentou.

Assim como no segmento aventura, Guarapuava vive um momento de crescimento no turismo em geral. A administração municipal, com diversas ações e projetos, colocou o município em evidência no Paraná e no Brasil. “As iniciativas criadas em Guarapuava e a execução de projetos, como Caminhos do Malte, Terra da Cevada, Cachoeiras Serra da Esperança, Caminhos da Fé e Centro Histórico, estão repercutindo positivamente. Isso é resultado de planejamento de longo prazo, projetos municipais inovadores e dedicação de empresários e entidades parceiras”, avalia o vice-prefeito e secretário de Agricultura e Turismo, Itacir Vezzaro.

Guarapuava está entre as cidades que mais se destaca no turismo paranaense. Por isso faz parte do seleto grupo do Forum G-11, que inclui os municípios que possuem os maiores índices de ocupação e receita hoteleira. “Guarapuava também cumpre, desde 2013, as obrigações junto ao Ministério do Turismo e Secretaria Estadual e Esporte e Turismo, sendo criado o Conselho Municipal de Turismo. Atualmente temos cadastrados mais de 23 eventos municipais no Calendário Oficial do Estado, antes de eram apenas dois”, ressalta o secretário.

Segundo o diretor de Turismo, Marcio de Sequeira, a secretaria vem trabalhando junto com outras secretarias municipais e com parcerias externas, como o IAP. “Assim foram identificados, denominados e mapeados diversos atrativos, produtos, serviços e roteiros que mostram os recursos naturais, as riquezas históricas e culturais, assim como os meios de produção, que já consagraram Guarapuava por lei estadual como a Capital Paranaense da Cevada e do Malte, afinal a segunda maior maltaria do mundo está aqui”, informa Sequeira.

Outro fator importante que coloca o turismo guarapuavano em destaque é que Guarapuava agora trabalha junto aos municípios vizinhos, entre eles Prudentópolis, com o qual estão alinhados projetos comuns na Serra da Esperança: Estrada Estratégica BR 35; Cachoeiras Serra da Esperança; Convention & Visitors Bureau e Região Serrana do Paraná, incluindo também Prudentópolis, Pinhão e Bituruna. “Foram feitas parcerias com grupos escoteiros nas Caminhadas na Natureza, associações empresariais, pequenos produtores rurais, comunidades rurais, faculdades e universidades. A parcerias com o Instituto Histórico de Guarapuava e Academia de Letras, Artes e Ciências de Guarapuava também foram fundamentais para os projetos de turismo histórico e religioso”, finaliza Itacir Vezzaro.

Postado em: 12/04/2018

turismo de aventura (3)turismo de aventura (4)turismo de aventura (5)turismo de aventura (6)



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet