Prefeitura Municipal de Guarapuava
Evento discute o combate ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes em Guarapuava
combate a exploracao sexual (7)

18 de maio. Dia escolhido para erguer nacionalmente a bandeira de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. Em apoio à esta causa, a Prefeitura de Guarapuava, através da Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente, coordenada pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, realizou uma mesa redonda e palestras sobre o tema. “A administração municipal, por meio da Rede de Proteção, dá suporte, apóia e acolhe às vítimas de abuso e exploração sexual. Diariamente unimos forças para combater esses crimes, realizando um trabalho conjunto nas escolas, ruas e com toda a sociedade, conscientizando e prevenindo os possíveis casos”, explica o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Ari Marcos Bona.

A programação iniciou com uma mesa redonda abordando o tema Violência e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes – Visão Multiprofissional – Avanços e Desafios. À tarde, foram duas palestras. A primeira sobre O Direito Sexual das Crianças e Adolescentes, com a médica hebiatra Vânia de Souza Ferlim; e a segunda sobre o Fluxo de Atendimento a Adolescentes Gestantes, com a enfermeira Tábata Naiara Soares. Além da programação do dia 18 de maio, durante toda a semana, nas unidades dos Cras, Creas, escolas municipais, colégios, entidades filantrópicas e demais instituições foram realizadas atividades lúdicas, com palestras, poesias, coreografias, vídeos, entre outros meios de informar e incentivar a denúncia de casos de violência.

Participaram do evento, que aconteceu nesta sexta-feira (18), na Faculdade Guairacá, o secretário municipal de Planejamento, Paulo Dirceu de Souza, diretora técnica da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Elenita Lodi, juíza da Vara da Infância e Juventude de Guarapuava, Rafaela Zarpelon, promotor Juliano Marcondes Paganini, representante do Serviço Auxiliar da Infância e Juventude, Cristiano Carneiro, representante do Centro de Referência Especializado de Assistência Social, Luciane Sékula, representante do Serviço de Atendimento Especializado, Priscila Ferreira Fortini, e representante do Conselho Tutelar, Viviane Maria Padilha.

Violência e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes é crime. Para realizar uma denúncia contate o Conselho Tutelar mais próximo. E, em caso de emergência, ligue 100.

Postado em: 18/05/2018 

combate a exploracao sexual (5)combate a exploracao sexual (15)



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet