Prefeitura Municipal de Guarapuava
Direitos dos idosos são discutidos no Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa
idosos (5)

O Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa é comemorado nesta sexta-feira, 15 de junho. Em Guarapuava, entidades e organizações da sociedade civil participaram de uma capacitação sobre os tipos de violência e os encaminhamentos possíveis para situações de violência. O evento foi organizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, com apoio da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social. “Parabenizo as pessoas que se preocupam com esta causa e trabalham para sensibilizar a sociedade em defesa e combate a violência contra idosos. A população idosa tem crescido nos últimos anos, e é nosso dever garantir aos guarapuavanos o envelhecimento de forma saudável, tranquila e com dignidade”, enfatizou o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Ari Marcos Bona.

A assistente social e especialista em Seguridade Social e Regulação do SUS (Sistema Único de Saúde), Silvana Carneiro da Silva, mostrou aos participantes um levantamento de dados do Disque Idoso em Guarapuava no período de 2007 a julho de 2011, quando foram analisadas 138 denúncias. Na pesquisa, foram classificadas as formas de violência, como se distribuem as vítimas quanto a gêneros e faixas etárias, os perfis dos agressores e ainda a frequência e os contextos dos casos.

Também foram apresentadas as leis que atendem os idosos como a lei 8842/94 a qual tem como objetivo assegurar os direitos sociais do idoso, criando condições para promover a sua autonomia, integração e participação efetiva na sociedade. “No caso das mulheres idosas, outra lei que pode ampará-las é a lei Maria da Penha. Mas para que essas leis ajudem efetivamente é necessário que as pessoas denunciem”, lembrou a palestrante.

A equipe do CREAS (Centro de Referência Especializado em Assistência Social) explicou como funciona o atendimento aos idosos que estão em situação de violência e os tipos de violência como a violência física, psicológica, sexual, a negligência e abandono, a violência econômico-financeira e patrimonial, autoinfligida e autonegligência. 

Postado em: 15/06/2018



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet