Prefeitura Municipal de Guarapuava
Curso de promoção à autonomia e empoderamento das mulheres supera expectativas
20160412_081533

Iniciou nesta terça (12), na Unicentro, a quarta edição do curso de Extensão “Promoção à autonomia e empoderamento das mulheres”, que é resultado de uma parceria da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres e o Laboratório de História Ambiental e Gênero da Unicentro. Neste ano, o curso superou as expectativas de participantes e demonstrou que muitos professores, servidores públicos e militantes, buscam formação que problematize a opressão histórica das mulheres.

Para a Vice-prefeita e Secretária de políticas para as mulheres, Eva Schran, a história de negação de direitos às mulheres tem reflexos nas relações da sociedade atual. “Por muitos anos fomos aculturados de que as mulheres não deveriam estudar, que deviam ser submissas aos seus maridos e pais e que existem trabalhos que as mulheres não podem exercer. Para mudar essa história é que temos uma secretaria que pretende promover a igualdade de oportunidades  e o combate a todo tipo de opressão às mulheres. Esse curso vem de encontro com a proposta da secretaria, estamos trabalhando para mudar as histórias das mulheres”, destaca.

A coordenadora do curso, Dra. Rosemeri Moreira, explica que as participantes vão perceber nas aulas, que várias opressões, histórias e estereótipos estão presentes na vida de cada uma. “Aqui falamos de coisas que nos tocam na nossa vivência diária. Por isso o curso inicia fazendo um resgate histórico da opressão das mulheres. Esse debate é primordial para entendermos o porquê dos papeis sociais construídos para as mulheres, para que no decorrer do curso, quando falarmos de mercado de trabalho, ciência, violência e políticas públicas na atualidade, saibamos problematizar a desigualdade de gênero”.

Um dos principais objetivos do curso é incentivar os professores a inserir esses debates nas escolas. Rozilda do Nascimento é supervisora na Escola Municipal Professora Luiza Pawlina do Amaral, e viu no curso a possibilidade de trabalhar na escola aquilo que ela acredita: que as mulheres não podem ser excluídas pelo fato de serem mulheres. “Fico muito feliz em perceber que há um grupo muito grande de professores que estão preocupados em inserir esse debate das mulheres nas escolas. Além das crianças, convivemos com as mães e muitas vezes elas não se dão conta dos direitos que elas têm. Com o curso podemos ajudar essas mulheres”, enfatizou Rozilda.

Confira o cronograma das próximas aulas:

ENCONTRO II. 3 de maio de 2016: História dos movimentos de Mulheres e movimentos Feministas no Brasil. (Dra. Lorena Zomer);

ENCONTRO III. 14 de junho – Mulheres e educação no Brasil Contemporâneo. (Dra. Luciana Klanovicz);

ENCONTRO IV – 5 de julho de 2016: Mulheres no Mundo do Trabalho. (Ms. Jorge Luiz Zaluski);

ENCONTRO V. 13 de setembro de 2016: A violência contra as mulheres no Brasil no contemporâneo. (Dra. kety De March);

ENCONTRO VI. 11 de outubro -Educação, Gênero e ensino: projetos educacionais. (Ms. Andreia Bandeira);



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet