Prefeitura Municipal de Guarapuava
Cesar Filho assina termo que finaliza o processo seletivo para a criação do curso de medicina em Guarapuava
assinatura curso de medicina (1)

“Vivemos hoje uma das principais conquistas dos últimos 30 anos. É a concretização de um sonho”, afirma o prefeito Cesar Silvestri Filho que recebeu, nesta segunda-feira (22), o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Heider Aurélio Pinto, para a assinatura do termo de compromisso que finaliza o processo seletivo para a criação do curso de medicina em Guarapuava, de acordo com a Portaria nº 543, de 4 de setembro de 2014, da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação. “O curso de medicina é a afirmação da melhor potencialidade do nosso município. É o reflexo dos esforços que estamos fazendo para qualificar a nossa rede de saúde e oferecer Guarapuava em plenas condições de receber o curso. É uma conquista histórica de todos os guarapuavanos”.

Segundo o secretário, Heider Aurélio Pinto, Guarapuava está entre os nove municípios do Brasil com a melhor avaliação da rede pública de saúde. “Encontramos aqui uma rede altamente estruturada com capacidade para as residências médicas, um dos principais fatores avaliados. O município também ofereceu a quantidade de leitos no SUS (Sistema Único de Saúde) necessários para a residência e unidade hospitalar com potencial para hospital de ensino. A avaliação foi positiva, pois o município não precisa mudar ou fazer adequações, apenas manter o ritmo do trabalho voltado à saúde, que já está sendo desenvolvido”, explica.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Stefan Negrão, desde o início a atual gestão municipal almeja a implantação do curso de medicina e não mediu esforços para a sua concretização. “O primeiro passo foi a qualificação da saúde no município. A reestruturação da atenção à saúde primária, novos leitos dos hospitais, reforma das Unidades Básicas (UBS), nova base descentralizada do SAMU, aquisição de dez novas ambulâncias, projeto do Hospital Regional, entrega da UPA do Batel em plenas condições de uso e adesão a programas, como o Mais Médicos, além do desenvolvimento de programas, como o Mamãe Guará, habilitaram Guarapuava a receber o curso”, destaca. “A expectativa é grande e a vontade de continuar melhorando também. Os profissionais da Secretaria de Saúde estão participando de um curso de apoio a gestão do SUS no Hospital Sírio-Libanês”, lembra.

A implantação do curso de medicina faz parte do Programa Mais Médicos, que prevê, até 2017, a criação de 11,5 mil novas vagas de graduação em medicina e 12,4 mil de residência médica. Em Guarapuava, serão mais de 100 vagas, 50 a cada processo seletivo. “O curso de medicina vai ajudar a suprir uma necessidade muito importante, que é a falta de médicos. Além disso, um dos objetivos é que os médicos recém-formados permaneçam em Guarapuava e desenvolvam um importante trabalho. Nos próximos anos teremos o Hospital Regional e o Centro de Especialidades Médicas, reafirmando o potencial do município e nos tornando referência em saúde e ensino superior”, comemora Cesar Filho.

A próxima etapa é o lançamento do edital, que deve ser publicado ainda este mês, para apresentação das propostas das instituições privadas de educação superior interessadas em oferecer o curso de medicina. Podem se inscrever universidades de todo o país, desde que forneçam a estrutura necessária em Guarapuava. “A Prefeitura é sim a grande articuladora e vai continuar acompanhando todo o processo”, finaliza o prefeito.

 

 



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet