Prefeitura Municipal de Guarapuava
AVISO DE PAUTA – 6º Encontro das Mulheres aborda tema sobre a aposentadoria das donas de casa
16 DIAS DE ATIVISMO

“Além de incentivar a autonomia econômica é preciso garantir o direito à aposentadoria das mulheres que trabalham em casa, para que elas também tenham um futuro seguro e tranquilo”, comenta a secretária de Políticas para as Mulheres e vice-prefeita, Eva Schran durante o encontro do Movimento de Mulheres da Primavera, que promove, no próximo dia 22 de novembro, a partir das 14h, na Chácara São Carlos – Primavera, o 6º Encontro das Mulheres que Lutam e Sonham.

O encontro vai contar com a presença das servidoras da Previdência Social de Guarapuava, que vão orientar as mulheres quanto à aposentadoria das donas de casa e das mulheres autônomas, além de falarem sobre tempo de contribuição, benefícios de ser contribuinte do INSS e outros assuntos.

Este é o sexto ano que o Movimento de Mulheres da Primavera promove o encontro, que conta com apresentação cultural, músicas, palestra e sorteio de brindes. “Vale  muito a pena as mulheres participarem porque é um assunto importante de valorização do trabalho das mulheres, além de ser um  tarde bastante dinâmica, animada e produtiva”, convida a coordenadora do movimento, Rosiane Silva.

Para participar não é preciso fazer inscrição prévia. O encontro é uma atividade integrante da Campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência de gênero” e conta com o apoio da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, Prefeitura Municipal, Governo Federal, Escola Carlita Guimarães Pupo, Escola Abílio Fabriciano de Oliveira, Colégio Leni Marlene Jacob e Paróquia Nossa Senhora de Fátima.

Informações pelo telefone (42) 3629-2209 com Rosiane.

Dados sobre trabalho formal e previdência social da mulher guarapuavana

Segundo o IBGE, no censo de 2010, 91,3% das mulheres guarapuavanas tinham uma ocupação. Uma pessoa é dita ocupada na metodologia usada pelo IBGE quando ela exerce atividade profissional (formal ou informal, remunerada ou não). Mas desse número, 40,1% das mulheres estão na informalidade em Guarapuava, ou seja, elas não contribuem com a previdência social e, por como consequência, não têm direito à benefícios como salário-maternidade, auxílio-doença e  aposentadoria.

Serviço: 6º Encontro das mulheres que lutam e sonham

Data: 22 de novembro (sábado), a partir das 14h

Local: Salão da Chácara São Carlos (Bairro Primavera)



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet