Prefeitura Municipal de Guarapuava
Ação do Procon monitora tempo de espera em bancos de Guarapuava
Fiscalizacao procon bancos

Na manhã desta segunda-feira (04), a equipe do Procon de Guarapuava, que atua juntamente com a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor,  realizou uma ação de fiscalização nas agências bancárias para verificar o cumprimento da lei municipal nº 2376/2014, que limita o tempo de espera dos usuários nas filas e assegura práticas ou procedimentos que minimizem o desconforto das pessoas nesses locais. O atendimento deve ser de até 20 minutos em dias normais e de 30 minutos nos dias de pagamentos salariais e após feriados prolongados, por exemplo.

Segundo a assessora jurídica do Procon, Juliane Kaminski, o Procon tem recebido reclamações quanto à demora do atendimento nos bancos, porém muitos consumidores ainda desconhecem a lei. Maria Jussara Oliveira chegou cedo na agência pensando que o atendimento seria mais ágil, porém encontrou uma grande fila para pagar suas contas. “Eu não sabia que existia essa lei municipal sobre a espera para atendimento. Já fiquei várias vezes mais do que uma hora esperando. Acho ótima essa fiscalização do Procon. É um auxilio para a população. Muitas pessoas, como eu, só têm um dia por mês para ir ao banco fazer os serviços de recebimento e pagamento de contas, por isso a agilidade no serviço é fundamental”.

Há dois anos no Sindicato dos Bancários de Guarapuava, a representante da categoria, Tatiane Carvalho, vê a ação como algo positivo para ambos os lados. “Os bancos sabem da lei, por isso devem estar preparados para atender todas as demandas dentro do limite estabelecido, assim como para o usuário que terá a garantia de ser atendido no tempo mínimo que determina a lei”, salienta. Ainda de acordo com assessora jurídica do Procon, a ação não é isolada e será feita com mais periodicidade. “Na fiscalização, entregamos ao usuário uma ficha de monitoramento para que ele preencha com a hora de chegada e de atendimento para que o Procon possa fazer um levantamento das irregularidades e, caso necessário, entrarmos com processos jurídicos”, afirma. O estabelecimento financeiro que for autuado terá um prazo de 30 dias para se manifestar.

O usuário que sentir prejudicado quanto ao atendimento deve procurar o Procon de Guarapuava, que atende de segunda a sexta-feira, das 9 às 17h, na rua Saldanha Marinho, 2837. Telefone (42) 3621-4590.



Gostou desta matéria? Então Compartilhe!

Voltar

Rua Brigadeiro Rocha, 2777 - Centro, CEP: 85010-210 - Guarapuava - Paraná - Brasil

Fone: (42) 3621-3000

Horário de Atendimento: 12:00 - 17:00

Youtube    Facebook    Instagram
CFW Agência de Internet